0

Três atletas do Brasil vão competir nos Jogos Paralímpicos de Inverno

Aline Rocha, Cristian Ribera e Andre Cintra vão disputar nas modalidade do esqui cross-country e do snowboard cross, em PyeongChang, na Coréia do Sul

19 fev 2018
19h37
  • separator
  • comentários

Pela segunda vez na história, o Brasil contará com representantes nos Jogos Paralímpicos de Inverno. Aline Rocha e Cristian Ribera, disputarão a modalidade do esqui cross-country, e Andre Cintra, vai brigar pela medalha no snowboard. A competição vai começar no dia 9 de março.

Aline Rocha, Cristian Ribera e Andre Cintra vão representar o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Inverno (Divulgação / Comitê Paralímpico Brasileiro)
Aline Rocha, Cristian Ribera e Andre Cintra vão representar o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Inverno (Divulgação / Comitê Paralímpico Brasileiro)
Foto: LANCE!

A paranaense Aline garantiu a classificação para os Jogos em PyeongChang, em dezembro do ano passado, na etapa canadense da Copa do Mundo de esqui cross-country. A atleta de 26 anos é a primeira integrante feminina do Brasil na neve e uma das poucas com participação nos Jogos Paralímpicos de Inverno e Verão.

O presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Mizael Conrado, fez questão de destacar a conquista de Aline.

- É a segunda vez seguida que o Brasil enviará uma delegação para os Jogos Paralímpicos de Inverno e, agora, com uma mulher na equipe. É gratificante ver a evolução que estas modalidades têm apresentado. Tenho certeza que os três representarão muito bem o nosso país na Coreia do Sul - afirmou o dirigente.

Assim como a paranaense, Cristian também vai defender as cores do Brasil no esqui cross-country. O atleta de Rondônia começou a competir oficialmente em dezembro do ano passado. O brasileiro conseguiu o passe para disputar os Jogos Paralímpicos de Inverno, ao alcançar a melhor pontuação já registrada por brasileiros (48,19) no esqui cross-country, durante etapa da Copa do Mundo de Vuokatti, na Finlândia.

O paulistano Andre Cintra, de 38 anos, completa a delegação brasileira na Coreia do Sul. O snowboarder é o mais experiente do grupo, já que esteve em Sochi 2014. Na Rússia, o atleta terminou em 28º na disputa do snowboard cross.

Antes de desembarcarem em PyeongChang no dia 3 de março, Aline e Cristian vão fazer aclimatação em Livigno, na Itália. Já Andre escolheu Aomori, no Japão, para o período de treinos pré-Jogos.

No total, mais de 600 atletas disputarão medalhas em seis modalidades durante os dez dias dos Jogos Paralímpicos de Inverno de PyeongChang 2018. Além do snowboard e do esqui cross-country, estão no programa o biatlo, o esqui alpino, o curling em cadeira de rodas e o hóquei em trenó.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade