0

Técnico do Milan lamenta gol sofrido no fim, no Italiano: 'É nossa culpa"

A equipe do estreante Stefano Pioli vencia até os 47 minutos do 2º tempo quando sofreu o gol que decretou o empate e manteve sua equipe na briga para fugir da degola

20 out 2019
19h32
atualizado às 19h35
  • separator
  • 0
  • comentários

O Milan sofreu um duro golpe contra o Lecce na tarde deste domingo. A equipe do técnico estreante Stefano Pioli vencia até os 47 minutos da segunda etapa quando sofreu o gol que decretou o empate e manteve sua equipe na briga para fugir da zona de rebaixamento. O comandante lamentou o resultado após a partida.

Stefano Pioli analisou os erros de sua equipe (Foto: Reprodução)
Stefano Pioli analisou os erros de sua equipe (Foto: Reprodução)
Foto: Lance!

- O empate é nossa culpa - disse o comandante.

- Em alguns casos, espírito e também idéias e jogos foram jogados, mas se não vencemos, a culpa é nossa - os ataques do técnico -. Alguns jogos que um time como o nosso deve levar para casa. O Milan tem jogadores de qualidade, só precisamos trabalhar para tirá-lo continuamente - completou Pioli.

Pioli afirmou ainda que sofreu um presente de grego de dois ex-comandados, que marcaram para o Lecce. O treinador completou 54 anos neste domingo.

- Fui punido por dois ex-jogadores meus, Babacar e Calderoni. Eles certamente não me fizeram um belo presente de aniversário - afirmou.

Pioli afirmou ainda que sua equipe merecia a vitória e que vai corrigir os erros cometidos para não repeti-los contra a Roma, na próxima rodada.

- Os jogadores do Milan têm maturidade para avaliar suas próprias atuações. Merecemos vencer, mas por erros de posição no final, não conseguimos três pontos que queríamos e teria sido certo. Construímos uma defesa para três pessoas hoje, mas não é certo que com a Roma faremos o mesmo. O importante é que a equipe assimile certos princípios e hoje os vi aplicados um pouco - concluiu.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade