0

Sampaio Corrêa aproveita falhas de Caíque e abre boa vantagem sobre o Vitória

Equipe maranhense usou fator casa e noite infeliz do goleiro baiano para se colocar muito perto das semifinais da Copa do Nordeste

16 mai 2018
21h11
  • separator
  • comentários

Jogando no estádio Castelão em São Luis, o Sampaio Corrêa fez uma partida perfeita diante do Vitória pelas quartas de final da Copa do Nordeste no que se refere a aproveitamento ofensivo. Não à toa o time do Maranhão conseguiu o importante triunfo por 3 a 0 e pode perder até por dois gols que avança na competição.

Foto: Arte Futebol Latino
Foto: Arte Futebol Latino
Foto: Lance!

A atitude em atacar era do Sampaio, tentando principalmente explorar as laterais para furar a defensiva baiana. Porém, faltava pontaria aos donos da casa e as incursões acabavam sendo menos frutíferas do que poderiam. Tanto é que a primeira chance mais clara surgiu apenas aos 22 minutos quando, em cruzamento vindo do lado direito, Fernando Sobral cabeceou firme do lado direito da meta de Caíque levando bastante perigo.

Por sua vez, o Vitória só conseguia ganhar o ataque nas bolas paradas e, por meio delas, Ramón quase conseguiu desviar enganando o goleiro Andrey, porém a zaga maranhense cortou providencialmente através de Maracás.

Aos 32 minutos, quando a partida estava até certo ponto morna, um erro grotesco do goleiro Caíque proporcionou o primeiro gol do jogo favorável ao Sampaio Corrêa. Depois do cruzamento de João Paulo, o arqueiro do Leão da Barra deixou a bola escorregar pelas suas mãos e Bruninho, aproveitando a falha, tocou para o gol vazio.

Ainda na primeira etapa, no último lance, a Bolívia Querida teve a chance de ampliar sua dianteira novamente com Fernando Sobral. Porém, após chute forte do camisa 7, Caíque conseguiu fazer uma importante intervenção.

Na volta do intervalo, o duelo ficou mais agitado na questão da velocidade principalmente com a entrada no Vitória do meia-atacante Nixon e chegou, inclusive, a acertar a trave. Porém, quem conseguiu marcar novamente foi o Sampaio em lance de mais um erro de Caíque na partida.

Depois de bola alçada na área, Fredson desviou e o zagueiro Maracás foi mais rápido que Caíque, tocou primeiro na bola e conseguiu empurrar lentamente para a meta do time baiano.

A iniciativa seguiu sendo maior do Leão da Barra, que chegou a colocar mais uma bola na trave em cobrança de falta do meio-campista José Welison. Após o chute, a bola desviou na barreira e ia encobrindo o goleiro Andrey, mas bateu na trave esquerda da meta maranhense.

Mais uma vez, quem demonstrou estar mais afiado em aproveitar as oportunidades foi o Tubarão. De novo através da bola parada, Alyson antecipou a zaga do Vitória e tocou para vencer Caíque. Por já ter cartão amarelo e ir comemorar em contato com a torcida, o lateral-esquerdo acabou levando o vermelho.Mesmo com a persistência dos visitantes em tentar diminuir o considerável prejuízo, nada mais aconteceu que modificasse o placar até o apito final do árbitro pernambucano Nielson Nogueira.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade