0

Para concluir o Mineiro, FMF pensa em semi e final com jogo único

A ideia é reduzir as datas do mata-mata para garantir que a competição termine em 2020

22 mai 2020
22h01
atualizado às 22h01
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O futebol em Minas Gerais está voltando aos poucos, com Cruzeiro, Atlético-MG e América-MG, que receberam autorizações das cidades onde estão localizados seus centros de treinamentos(Belo Horizonte, Vespasiano e Contagem) para voltar a treinar.

Com esse cenário, a Federação Mineira de Futebol(FMF) voltou trabalhar para conseguir determinar uma data de retorno do Campeonato Mineiro, paralisado desde o dia 16 de março.

A entidade, na fala do seu presidente, Adriano Aro, revelou que a FMF pensa em reduzir o tempo da competição, realizando semifinais e finais em apenas um jogo, sem a partida de volta, para definir o campeão de 2020.

Adriano Aro quer, com esse plano, concluir o Mineiro 2020 dentro das quatro linhas, evitando que fique um vácuo na competição. Aro reiterou que a volta do Mineiro, terá de haver uma consonância entre a entidade e autoridades de saúde municipais, estaduais e federais.

-Pelo que tenho visto e pelas conversas que tenho tido com a Secretaria de Saúde, e sendo realista, diria que na primeira semana de junho (o Mineiro poderia voltar). Mas tudo depende do cenário, pois a volta não depende só do governador. É importante esclarecer isso. Além do governador, o prefeito tem que dar o aval também- disse em uma live da entidade. Aro revelou conversas com Alexandre Kalil, prefeito de BH, contando que a posição do prefeito, de vetar o futebol na capital mineira, complica um cronograma de volta do torneio.

-Em BH eu tenho conversado com o prefeito Alexandre Kalil e ele disse que aqui não teremos a volta do futebol tão cedo. Isso é complicador para essa volta. Tenho conversado com o presidente Rogério Caboclo (da CBF), fizemos muitas reuniões com presidentes de federações, o grande desafio da CBF é que, para voltar com as competições nacionais, é preciso de homogeneidade em termos de federações-contou.

Adriano Aro pensa em ter jogos de semifinal e final em partidas únicas para reduzir as datas do Mineiro-(Foto: Reprodução Twitter)
Adriano Aro pensa em ter jogos de semifinal e final em partidas únicas para reduzir as datas do Mineiro-(Foto: Reprodução Twitter)
Foto: Lance!

Preocupação com contratos de TV

Outra preocupação da FMF neste momento, além de terminar o Mineiro ainda em 2020, é o contrato com a TV Globo, detentora dos direitos de transmissão do Estadual. Adriano Aro disse que os clubes terão de jogar, pois receberam por uma cota de pré-determinada de jogos e terão de cumprir o contrato.

-Trabalhamos com a hipótese de término do Mineiro, até porque as equipes já receberam integralmente o valor da cota da televisão. E por contrato, elas são obrigadas a cumprir um número mínimo de jogos. Claro que tudo isso será feito se tivermos condição de saúde para todos- explicou.

Adriano Aro também falou que o Mineiro precisa de seis datas para ser concluído, e a redução de partidas é uma forma de evitar um fim fora das quatro linhas.

-Para terminar o Módulo I, precisamos de seis datas. Existe uma possibilidade de fazer semifinal e final em jogo único. Isso não está descartado, pois encurtaria para quatro datas, ou seja duas semanas, que poderiam ser feitas da seguinte maneira: uma data, duas datas, e se começarem os campeonatos nacionais, intercalá-las às outras datas. Pois aí teríamos menos equipes. A federação não trabalha com a hipótese não terminar o Campeonato Mineiro-concluiu.

Veja também:

Editor do L! analisa opções caso se concretize a saída de Jesus do Fla
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade