0

NBB Brasil bate recorde e vence NBB Mundo no Jogo das Estrelas

Após vitória elástica no primeiro quarto, brasileiros lideram do início ao fim e vencem estrangeiros no fim de semana festivo do principal campeonato de basquete do país

9 fev 2019
16h03
  • separator
  • comentários

O NBB Brasil aumentou a vantagem em cima do NBB Mundo. Neste sábado, foi realizado, no Ginásio Pedrocão, em Franca-SP, o Jogo das Estrelas do NBB (Novo Basquete Brasil), que reúne os melhores jogadores da temporada, que são divididos entre brasileiros e estrangeiros. Dessa vez, melhor para os atletas locais, que venceram por 144 a 92 e alcançaram a sexta vitória em nove partidas disputadas nesse formato.

Jefferson, com 28 pontos, foi o cestinha da partida, terminou com um duplo-duplo, já que também pegou 11 rebotes e foi eleito o MVP (melhor jogador) da partida. Lucas Dias, com 23 pontos, e Léo Meindl, com 21, também se destacaram; pelo lado estrangeiro, Fuller, com 18, foi o principal pontuador.

Os 144 pontos marcados pelos brasileiros colocaram um novo recorde no Jogo das Estrelas: essa foi a maior pontuação feita por uma equipe no tempo regulamentar de uma partida - o recorde total é do NBB Brasil de 2013, quando fez 146 pontos, mas a partida foi para a prorrogação.

Os torcedores presentes no Ginásio Pedrocão foram ativos novamente. Durante todo o jogo, apoiaram os jogadores de Franca e, apesar de algumas vaias direcionadas para Léo Meindl, do Paulistano, Alex, do Bauru, e Leandrinho, do Minas, comemoram todos os pontos marcados pelas duas equipes, entrando no clima do evento.

Antes da partida começar, ala do São José e, aos 43 anos, detém o recorde de jogador mais velho a participar de uma partida do NBB. O atleta começou sua carreira em Franca e ganhou uma camisa no mesmo modelo que os jogadores usaram no Jogo das Estrelas, sendo homenageado pela torcida no Ginásio Pedrocão. Na carreira, o jogador possui médias de 11.6 pontos, 3.1 rebotes e 1.2 assistência.

Assim como aconteceu no Desafio Interligas, que reuniu os jogadores Sub-23 do NBB contra os atletas da categoria na Liga Argentina, realizado nesta sexta-feira, foi respeitado um minuto de silêncio em homenagem ao incêndio no CT Ninho do Urubu. A liga demonstrou apoio total ao Flamengo e aos jogadores do clube, que retornaram para o Rio de Janeiro por respeito às famílias das vítimas.

Ginásio Pedrocão estava lotado (Foto: Fotojump/LNB)

O jogo
Após um início equilibrado, a equipe composta por brasileiros cresceu na metade para o final do primeiro quarto e construiu uma grande vantagem logo nos primeiros dez minutos da partida. O placar parcial ficou em 39 a 16 para o NBB Brasil; Lucas Dias, com onze pontos, foi o destaque do período e levou a torcida à loucura a cada cesta que fez.

O segundo período não foi marcado pela supremacia de apenas uma equipe, já que o NBB Mundo melhorou na partida e equilibrou as ações. O quarto foi marcado por mais erros e não teve o mesmo placar estrelar dos primeiros dez minutos, terminando em uma vitória dos brasileiros por 25 a 22, construindo uma vantagem total de 64 a 38 antes do intervalo.

Com o placar praticamente encaminhado, o terceiro período foi um verdadeiro 'jogo das estrelas', já que os jogadores passaram a buscar lances de efeito, como, por exemplo, passes por baixo das pernas, enterradas e bolas de três de longa distância. O NBB Brasil, por sua vez, não freou a produção, vencendo o período por 37 a 26, e chegando aos 100 pontos com uma cesta de Alex Garcia, responsável por dar um "vale Big Mac" a cada torcedor presente no ginásio.

O último quarto repetiu a dose: o placar ficou em segundo plano e os jogadores buscavam fazer da partida uma forma de entretenimento para os torcedores. No fim, o NBB Brasil confirmou uma vitória tranquila e a festa tomou conta no Ginásio Pedrocão.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade