0

Magnus e Pato ficam no empate na primeira partida da semifinal da LNF

Primeiro tempo entre as equipes foi marcado por ótimas defesas dos dois lados. Magnus chegou a abrir 3 a 1, mas cedeu o empate nos minutos finais com dois gols de Well

17 nov 2018
17h30
atualizado às 17h42
  • separator
  • 0
  • comentários

Magnus e Pato Futsal empataram neste sábado na primeira partida da fase semifinal da Liga Nacional de Futsal, em jogo realizado na Arena Sorocaba. Após um primeiro tempo sem gols, o Magnus veio para o tudo ou nada e conseguiu abrir uma boa vantagem, mas cedeu o empate no fim. Agora, os times voltam a se enfrentar no dia 25 de novembro, na casa do Pato.

Falcão passou em branco no confronto deste sábado. (Foto: Guilherme Mansueto/Magnus)
Falcão passou em branco no confronto deste sábado. (Foto: Guilherme Mansueto/Magnus)
Foto: Lance!

Devido o regulamento da competição, o Pato precisa apenas de um novo empate no próximo jogo para chegar à final do campeonato, já que a equipe paranaense terminou a fase classificatória em quarto lugar enquanto o time do craque Falcão chegou às oitavas apenas com a nona melhor campanha.
O JOGO
O primeiro tempo ficou marcado pelas excelentes defesas do goleiro Thiago, do Magnus, que salvou a equipe paulista em uma sequencia de ataques de Batalha e Rafinha,que chegaram na cara do gol, mas não conseguiram abrir o placar graças a eficiência de Thiago. Djone, goleiro do Pato, não deixou por menos e também para o Magnus em todas as chances do primeiro tempo, uma delas de Falcão, que passou em branco na partida.

O segundo tempo foi marcado por muita correria e muitos gols. Logo no inicio,
Marcel recebeu na esquerda, acertou um chutaço e abriu o placar para o Magnus. O Pato chegou ao empate com Danilo Barão, que chutou de bico e contou com um desvio da defesa e empatou o jogo para o Pato Futsal.

Necessitando da vitória, o Magnus voltou a estar a frente do placar com Rodrigo, que viu uma brecha na barreira bateu em uma falta na lateral esquerda, perto da área, e colocou no cantinho direito do goleiro, devolvendo a dianteira para o os paulistas. Em seguida, Leandro Lino recebeu do goleiro Thiago e bateu de bico no ângulo, ampliando a vantagem do Magnus em 3 a 1.

Precisando da vitória, o Magnus recuou, esperando o tempo acabar. O Pato colocou Lucas Oliveira como goleiro linha para tentar correr atrás do prejuízo e conseguiu. Após uma troca de passes no ataque, o goleiro viu Weel bem posicionado, que chutou e diminuiu para o Pato, botando fogo no fim da partida. Faltando apenas um minuto para o fim do jogo, Well chegou ao ataque de novo e bateu sacramentando o empate.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade