1 evento ao vivo

Jungle Fight no DAZN 96 consagra Natalia e Max como novos campeões

O card realizado em Belo Horizonte, na capital mineira, teve 14 combates emocionantes, sendo que sete deles terminaram através de finalizações

20 out 2019
11h08
atualizado às 11h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Por Rafael Lavô

De casa cheia, o Clube Labareda, em Belo Horizonte (MG), recebeu o Jungle Fight no DAZN 96 com 14 lutas - sendo finalizações e duas disputas de cinturão, que coroaram Natália Silva e Max Denner como os novos campeões da organização.

Natália Silva brilhou no Jungle Fight no DAZN 96 e conquistou o cinturão na noite de sábado (Foto: Rafael Lavô)
Natália Silva brilhou no Jungle Fight no DAZN 96 e conquistou o cinturão na noite de sábado (Foto: Rafael Lavô)
Foto: Lance!

Natália e Max Denner conquistam cinturão

Na luta principal, que valia o cinturão até 57kg, Natália Silva venceu Gabi Marçal por finalização no primeiro round. O confronto começou com as atletas buscando a trocação. Na sequência, em uma investida de Gabi, Natália acertou em cheio um golpe de encontro, levando sua adversária ao knockdown. No chão, Natália trabalhou o ground and pound até encontrar espaço para aplicar um armlock indefensável.

Com a vitória, Natália soma a quinta vitória seguida e conquista o cinturão do Jungle Fight. Após a conquista, Natália se emocionou ao receber o cinturão e deixou um recado: "não desista dos seus sonhos"!

Já no co-main event, Max Denner Nana não precisou de mais de um round para liquidar a fatura e vencer por nocaute técnico, conquistando o cinturão até 70kg do Jungle Fight. Ao final da disputa, Max ainda provocou seu adversário fazendo o mesmo gesto de enforcamento que Elysson Machado tinha feito na pesagem.

Outros destaques do Jungle Fight 96

A luta de abertura do evento não durou dois minutos e terminou com uma bela finalização. Marcus Samuel levou com facilidade Jeferson para o chão e foi trabalhando o ground and pound até pegar as costas do seu adversário e encaixar um mata-leão indefensável, obrigando Jeferson a dar os três tapinhas. Com o triunfo, Marcus conquista a primeira vitória no MMA profissional.

O segundo embate da noite também terminou com finalização. Após um primeiro round dominante de Macksuel Baiano, a vitória veio no segundo round, quando Ronaldo Saminez tentou raspar e caiu dentro de um triângulo, do qual só conseguiu sair dando os famosos três tapinhas desistindo do combate.

No terceiro combate, o resultado se repetiu. Ficou claro que a estratégia de Leandro Camargos era levar o combate para o chão fugindo da trocação de Lucas Soares, e a estratégia, foi perfeita. A vitória veio aos 4m35s do primeiro round por finalização, após Leandro pegar as costas de Lucas e cair mochilado aplicando um mata leão.

No único encontro de peso-pesado do card entre Carlos Monstro e João Zaiden, já era esperado que terminasse com nocaute. Zaiden mostrou que as provocações de "Monstro" durante a pesagem não surtiram efeito e venceu por nocaute técnico após colocar seu adversário contra a grade e trabalhar a trocação até o árbitro central do combate, Flávio Almendra, interromper a luta.

No confronto internacional entre Brasil e Paraguai, a vitória ficou com o atleta brasileiro. Após três rounds, Werley Silva venceu por decisão unânime o paraguaio Henrich Cáceres, que ao final do duelo ainda encarou o brasileiro. No entanto, rapidamente as equipes separaram os lutadores.

RESULTADOS COMPLETOS:

Jungle Fight No DAZN 96
Sábado, 19 de outubro de 2019
Clube Labareda, em Itapoã, Belo Horizonte (MG)

Natalia Silva finalizou Gabi Marçal por armlock
Max Denner derrotou Elysson Machado por nocaute técnico
Heider Caetano finalizou Romario Martins
Werley Mão de Pedra derrotou Heinrich Caceres por decisão unânime dos jurados
Carlos Monstro derrotou João Victor Zaiden por nocaute técnico
Fernando Ben 10 derrotou João Oliveira por decisão unânime dos jurados
Adriano Nunes derrotou Joelson Nascimento por nocaute técnico
Patricio Tiradentes derrotou Gabriel Vitorino por decisão unânime dos jurados
Deberson The Prince derrotou Fhabio Mir por decisão dividida dos jurados
Wallace Itália finalizou Henrique Prota
Arthur Barros finalizou Jeferson Alves
Leandro Camargos finalizou Lucas Soares
Macksuel Laudino finalizou Ronaldo Saminez
Marcus Samuel finalizou Jeferson Lourenço

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade