0

Gol, assistência e vitória: o jogo 100 de Alan Kardec pelo Chongqing

Atacante atinge marca centenária pelo clube, balança as redes pelo quarto jogo consecutivo e comanda vitória por 3 a 0 na Superliga Chinesa

16 set 2020
11h17
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Esta quarta-feira (16/09) ficará marcada na memória de Alan Kardec. A partida contra o Qingdao Hainiu marcou o centésimo jogo do atacante pelo Chongqing Dangdai, e o brasileiro comandou a vitória da equipe por 3 a 0 com gol e assistência. Foi o quarto jogo consecutivo em que Kardec balançou as redes, sendo o terceiro triunfo seguido de sua equipe, que agora entra de vez na briga por uma vaga na próxima fase da Superliga Chinesa. Com 15 pontos, o time ocupa a quinta posição do Grupo B, apenas um atrás do quarto colocado, a três rodadas do fim.

Alan Kardec completou 100 jogos pelo clube chinês (Foto: sina.com)
Alan Kardec completou 100 jogos pelo clube chinês (Foto: sina.com)
Foto: Lance!

Após um primeiro tempo sem gols, o Chongqing definiu a partida rapidamente na segunda etapa. Aos 13 minutos, a estrela de Alan Kardec começou a brilhar. Após lançamento para a área, o atacante deu uma linda assistência de peito para o gol de Fernandinho. Oito minutos depois, foi a vez dele marcar, de pênalti, o segundo gol da equipe. Aos 25, Adrian fechou o placar.

Foi o 53º gol de Alan Kardec com a camisa do Chongqing Dangdai em 100 jogos. O maior artilheiro da história do clube tem 56. O atacante brasileiro falou sobre a marca centenária e o bom momento vivido por ele e sua equipe.

- Não tenho palavras para descrever essa noite. É muito especial poder chegar a essa marca de 100 jogos pelo Chongqing, um clube que apostou em mim lá em 2016, que me apresentou um projeto muito bacana e, agora, posso retribuir em campo. Estou muito feliz com esse número e, principalmente, com essa boa sequência de quatro jogos seguidos balançando as redes e com as vitórias da nossa equipe. É muito gratificante ver que que nosso trabalho, nosso esforço e nossos sacrifícios valem a pena. Estou longe da minha família há bastante tempo e só posso dedicar todo esse momento a ela - afirmou.

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade