2 eventos ao vivo

Everton demite Allardyce, e lusos aparecem como possíveis substitutos

Técnico estava à frente da equipe desde novembro. Marco Silva e Paulo Fonseca na mira

16 mai 2018
12h03
  • separator
  • comentários

O técnico Sam Allardyce foi demitido nesta quarta-feira do comando do Everton. O clube anunciou a saída do treinador em comunicado no site oficial e nas redes sociais.

- Em nome da diretoria, gostaria de agradecer ao Sam pelo trabalho que fez no Everton nos últimos sete meses. Ele foi trazido em um momento desafiador da temporada passada e nos deixou com muita estabilidade. Somos gratos a ele por isso - disse a vice-presidente executiva, Denise Barrett-Baxendale.

Após a derrota para o West Ham por 3 a 1, no domingo, pela última rodada do Campeonato Inglês, Allardyce não estava confiante em sua permanência no Everton.

- Tenho contrato até o ano que vem. Confiante? Como poderia estar como todos os rumores que leio nos jornais? Geralmente não há fumaça sem fogo. Vamos esperar e esperar nossa reunião.

Último jogo de Allardyce no comando do Everton foi a derrota por 3 a 1 para o West Ham (Foto: Geoff Caddick / AFP)
Último jogo de Allardyce no comando do Everton foi a derrota por 3 a 1 para o West Ham (Foto: Geoff Caddick / AFP)
Foto: LANCE!

Everton, de Allardyce, ficou em oitavo (Foto: Lindsey Parnaby / AFP)

Dois portugueses aparecem como possíveis substitutos de Allardyce: Marco Silva, que deixou o Watford no meio da temporada, e Paulo Fonseca, técnico do Shakhtar Donetsk.

O treinador assumiu o Everton em novembro do ano passado ao substituir Ronald Koeman. Parte da torcida dos Toffees já vinha pedindo a saída de Sam Allardyce, que tirou o clube da beira da zona do rebaixamento, terminando em oitavo.

Segundo a emissora "Sky Sports", clube e treinador já haviam deixado acordado o pagamento de 6 milhões de libras (R$ 29 milhões) de multa rescisória. No entanto, o Everton não confirma a informação.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade