0

Em prévia pré-olímpica, Brasil supera a Bulgária e segue bem na VNL

Em Cuiabá, Seleção Brasileira abriu quarta etapa da Liga das Nações (VNL) com vitória

21 jun 2019
23h20
  • separator
  • 0
  • comentários

No primeiro encontro com a torcida brasileira na temporada em jogos oficiais, a Seleção Masculina de vôlei derrotou a Bulgária por 3 sets a 1 - parciais de 25/20, 21/25, 25/19, 25/14 -, na noite desta sexta-feira, em Cuiabá (MT), na abertura da quarta rodada da Liga das Nações.

Duelo entre Brasil e Bulgária em Cuiabá (FIVB Divulgação)
Duelo entre Brasil e Bulgária em Cuiabá (FIVB Divulgação)
Foto: Lance!

O duelo voltará a acontecer em agosto, em Varna, no Pré-Olímpico, provavelmente valendo vaga em Tóquio-2020.

Com o resultado, o Brasil manteve-se na vice-liderança da competição, com 25 pontos (9 vitórias em 10 jogos), atrás do líder Irã, que tem 27 pontos (também com 9 vitórias em 10 jogos). Brasil e Irã são os únicos times com apenas uma derrota no torneio. Os brasileiros perderam para a Sérvia e os iranianos para o Brasil até agora.

Neste sábado, a Seleção enfrenta a Alemanha, às 21h e, no domingo, se despede de Cuiabá na partida contra a Rússia, no mesmo horário. Os dois jogos têm transmissão pelo SporTV 2. Na quinta e última semana da fase classificatória, os atuais campeões olímpicos vão para Brasília, entre os dias 28 e 30, para enfrentar França, Canadá e Itália.

O técnico Renan Dal Zotto começou a partida com o sexteto que vem se firmando com o titular, com Bruninho, Wallace, Leal, Lucarelli, Lucão, Isac e Thales (líbero). Mas, houve mudanças no decorrer do jogo. Maurício Souza entrou no lugar de Isac e melhorou o bloqueio a partir do segundo set e ficou até o final. Maurício Borges foi a opção no lugar de Leal no terceiro set e deu mais estabilidade no passe, mas o cubano naturalizado brasileiro retornou no quarto set para se consolidar como o maior pontuador em quadra, com 15 pontos - apesar de ter ficado fora durante toda uma parcial.

Os outros destaques do Brasil foram Lucarelli, com 14, Wallace, com 12 pontos, Lucão 11, Maurício Souza 5, Bruninho, 2, Isac 2, Maurício Borges 2, Alan 2. Pela Bulgária, o oposto Sokolov foi o maior pontuador, com 14 acertos.

Leal chamou a atenção pelo excelente aproveitamento no ataque, colocando no chão 11 bolas das 13 recebidas. Ele é o maior pontuador do Brasil na Liga das Nações, com 124 pontos, ocupando a sexta colocação geral.

O ponteiro analisou a vitória brasileira:

- Foi uma partida boa. O time começou mal na recepção, principalmente comigo. Pontuei bem no ataque, no saque, no bloqueio, mas o passe ainda precisa melhorar. Estamos de parabéns, também a torcida que compareceu aqui. Agora é pensar na Alemanha, vamos descansar essa noite e amanhã estaremos 100%.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade