6 eventos ao vivo

"É problema de caráter", diz ídolo do Flamengo sobre Jesus

Paulo César Carpegiani detonou suposto comportamento do atual técnico rubro-negro, quando Abel Braga ainda comandava a equipe. Por fim, elogiou o trabalho de Jorge Jesus

18 set 2019
16h59
atualizado às 17h09
  • separator
  • 0
  • comentários

Em entrevista à Rádio 730, de Goiânia, Paulo César Carpegiani causou polêmica ao opinar a respeito de uma suposta atitude de Jorge Jesus, técnico do Flamengo. Um dos maiores ídolos do clube, onde foi comandante dos títulos da Libertadores e do Mundial de 1981, não economizou nas críticas.

Jorge Jesus sofreu críticas de Carpegiani, mas também elogios pelo trabalho (Foto: Celso Pupo/Fotoarena)
Jorge Jesus sofreu críticas de Carpegiani, mas também elogios pelo trabalho (Foto: Celso Pupo/Fotoarena)
Foto: LANCE!

Carpegiani acredita que Jesus foi antiético ao, de acordo com palavras do ex-camisa 10, iniciar negociações com o clube enquanto Abel Braga ainda comandava a equipe, inclusive por ter ido assistir ao jogo entre Atlético-MG e Flamengo, no dia 18 de maio, no Estádio Independência.

Na ocasião, veículos da imprensa davam a presença do técnico português como um indício de negociações com o time mineiro. Carpegiani, que voltou a comandar o Flamengo em janeiro de 2018, viu "problema de caráter" no ato.

"O que eu não concordo com ele (Jorge Jesus) foi a sua atitude de, justamente num jogo entre Atlético-MG e Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, quando ele está em Minas Gerais assistindo ao jogo e toda a imprensa divulgando que ele foi ver o time do Atlético-MG… E, na realidade, do outro lado, ficou comprovado mais tarde com a sua contratação que ele já estava sendo contactado e veio ao Brasil para ver o jogo do Flamengo. A direção errou, também. Os dirigentes… Para mim, é problema de caráter".

"O Abel (Braga) saiu nessa circunstância muito sentido, muito magoado com o Flamengo por esse tipo de atitude. Isso não se faz! A direção e principalmente um profissional da capacidade e da condição de um Jesus, que está à frente de um grande clube, um clube campeão mundial, um clube de grande tradição, com grande torcida… A sua atitude não me satisfaz. Essa atitude foi errada! Problema de caráter!", completou.

Por fim, Paulo César Carpegiani teceu elogios a respeito do trabalho de Jorge Jesus, que, atualmente, soma 16 jogos, com dez vitórias (sendo seis consecutivas pelo Brasileiro), quatro empates e duas derrotas.

"Acho que ele faz um enorme sucesso pela sua sabedoria e inteligência. Ele está tendo muito mérito nesse time do Flamengo, que é um belo time, com belas contratações… Faz um belíssimo trabalho".

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade