2 eventos ao vivo
Logo do São Paulo
Foto: terra

São Paulo

Dorival trabalha bola parada e confirma escalação do São Paulo

Técnico ajustou posicionamento em cobranças de faltas e escanteios e repetiu formação que usou ao longo da semana para enfrentar o Cruzeiro, neste domingo, no Morumbi

12 ago 2017
12h48
  • separator
  • comentários

Sem a presença da imprensa, Dorival Júnior realizou na manhã deste sábado o último treino do São Paulo para enfrentar o Cruzeiro, às 11h deste domingo, no Morumbi, e aproveitou para fazer ajustes de posicionamento em jogadas de bola parada. E confirmou a escalação que já vinha utilizando desde a atividade de quinta-feira.

O Tricolor entrará em campo com: Renan Ribeiro; Buffarini, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Militão; Marcinho, Petros, Hernanes e Marcos Guilherme; Pratto. Em relação ao time derrotado pelo Bahia na última rodada, saem Araruna (machucado), Cueva (suspenso) e Jucilei (opção técnica) para as entradas de Buffarini, Marcos Guilherme e Rodrigo Caio (volta de suspensão e joga na zaga, com Militão virando volante na vaga de Jucilei).

De acordo com informações divulgadas pelo São Paulo, Dorival Júnior fez um trabalho técnico com a formação que escolheu depois de realizar diversos testes ao longo de sua primeira semana só treinando. Mais tarde, dedicou atenção às bolas paradas.

O treino alternou os responsáveis por cobrar escanteios e faltas ao longo de diversos locais no gramado. Preocupou-se com o posicionamento ofensivo e defensivo dos jogadores na grande área e, na parte final da manhã, fez simulações de jogo para orientar a movimentação dos titulares.

Com 19 pontos em 19 rodadas, o São Paulo terminou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro na zona de rebaixamento, ocupando a 17ª posição da competição. Neste domingo, tenta deixar para trás as duas derrotas consecutivas contra Coritiba e Bahia, rivais diretos na briga contra o descenso.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade