0

Brasileiros ficam sem medalha no quinto dia do Mundial de judô

Maria Portela (70kg) e Rafael Macedo (90kg) ficaram fora da disputa por medalhas

24 set 2018
14h06
atualizado às 15h24
  • separator
  • 0
  • comentários

Maria Portela (70kg) e Rafael Macedo (90kg) ficaram fora da disputa por medalhas no Campeonato Mundial de judô, nesta segunda-feira, em Baku, no Azerbaijão. A judoca parou nas oitavas diante da atual vice-campeã mundial, Maria Pérez, de Porto Rico, e Macedo ficou na primeira luta diante do grego Theodoro Tselidis. Os dois retornaram na próxima quinta-feira para o Mundial Por Equipes Mistas.

Maria Portela foi eliminada nas oitavas de final (Foto: Divulgação/CBJ)
Maria Portela foi eliminada nas oitavas de final (Foto: Divulgação/CBJ)
Foto: Lance!

Portela (70kg) chegou ao Mundial pela primeira vez como líder do ranking mundial de sua categoria após bons resultados nesta temporada. A judoca se impôs diante da polonesa Daria Pogorzelec na estreiae venceu a luta por ippon e, com isso, avançou às oitavas-de-final, onde encontrou Maria Perez, de Porto Rico. A brasileira tinha duas vitórias contra uma da portorriquenha. Em Baku, Pérez conseguiu empatar o duelo pan-americano ao encaixar o golpe perfeito e projetar Portela por ippon para avançar às quartas-de-final do Mundial.

- Eu estava bem preparada para evoluir na competição. Ela acertou e, infelizmente, eu caí de ippon. Esse ano eu tive bons resultados e acredito que o trabalho que vem sendo feito está no caminho certo. No judô, infelizmente, acontece esse tipo de situação. Não é o que a gente espera, pelo tanto que a gente se prepara, mas temos que aceitar. O que foi possível para eu fazer, eu fiz e vou continuar batalhando. Um dos meus objetivos continua sendo medalha num Campeonato Mundial - disse Portela.

Já Macedo, não conseguiu superar Theodoro Tselidis, que luta pela Grécia, mas é natural da Geórgia. Em sua estreia em Campeonatos Mundiais adultos, o brasileiro foi surpreendido pelo grego e sofreu um waza-ari que o impediu de seguir na chave.

- Eu conhecia o adversário, já tinha lutado com ele. É forte, esperto. Eu até estava me sentindo, mas ele acabou me surpreendendo ali naquela enroscada. Depois tentei buscar a luta, mas, defensivamente, ele conseguiu se proteger bem dos meus ataques - explicou Macedo ao sair do tatame - Tenho muito no que melhorar em termos do que eu quero e espero alcançar. É levantar a cabeça agora, continuar trabalhando duro que ainda tem muito pela frente.

O Mundial de Baku continua nesta terça-feira e o Brasil será representado apenas por Mayra Aguiar, que tentará defender seu segundo título mundial conquistado em Budapeste, no ano passado. Até o momento, o país conquistou um bronze, com Érika Miranda (52kg), dois quintos, com Jéssica Pereira (52kg) e Daniel Cargnin (66kg), além do sétimo lugar de Eric Takabatake (60kg). No último dia de disputas individuais, a seleção terá quatro chances com os pesados Rafael Silva "Baby", David Moura, Maria Suelen Altheman e Beatriz Souza.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade