0

Brasil poupa alguns titulares, mas bate o Canadá sem sustos no vôlei

Seleção Brasileira fez 3 a 0 e neste domingo encerra a fase inicial contra a Itália

29 jun 2019
21h38
  • separator
  • 0
  • comentários

Com um time diferente em quadra - dentro das mudanças propostas pelo técnico Renan Dal Zotto para dar ritmo de jogo a todo o grupo visando a fase final da Liga das Nações -, o Brasil derrotou o Canadá por 3 sets a 0 - parciais de 25/20, 25/19, 25/19 -, no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF), pela penúltima rodada da fase classificatória da competição.

Lucarelli no ataque contra os canadenses (William Lucas/Inovafoto/CBV)
Lucarelli no ataque contra os canadenses (William Lucas/Inovafoto/CBV)
Foto: Lance!

O resultado manteve a Seleção Brasileira na liderança do torneio, com 36 pontos (12 vitórias em 13 jogos), mesma pontuação do vice-líder Irã, que no entanto tem uma derrota a mais na VNL. O adversário neste domingo, às 19h, novamente na capital do país, é a já eliminada Itália. O SporTV 2 transmite.

Os seis finalistas da Liga das Nações foram definidos após a rodada deste sábado. São Brasil, Irã, Rússia, França e Polônia, além dos Estados Unidos, que apesar de não estarem entre os primeiros colocados, estão classificados por serem o país-sede da etapa decisiva - marcada para acontecer entre os dias 10 e 14 de julho, na cidade de Chicago.

A ordem dos confrontos será definida após a rodada deste domingo. No entanto, como Brasil e Irã vão ocupar as duas primeiras colocações ao final da fase classificatória independentemente dos resultados, ficarão no Grupo B em Chicago. Os norte-americanos são cabeças-de-chave do Grupo A.

Pelo regulamento da FIVB, estarão de um lado primeiro, segundo e quinto colocados. Do outro, país-sede, terceiro e quarto. Atualmente, a divisão ficaria assim: Brasil, Irã e Polônia; EUA, Rússia e França.

O ponteiro Douglas Souza e o central Isac foram os maiores pontuadores do jogo, com 14 pontos. O central teve atuação de gala no ataque, com 100% de aproveitamento: recebeu 10 bolas e colocou todas no chão. Ele marcou ainda 3 pontos de bloqueio e um de saque. Alan marcou 12 pontos e Lucarelli, 11.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade