0

Botafogo vende mando de campo de jogo contra Fluminense para Brasília

Sob crise financeira, diretoria vai mandar clássico, válido pela 23ª rodada do Brasileirão, para o Estádio Mané Garrincha; venda para duelo contra São Paulo está sob análise

6 set 2019
13h01
  • separator
  • 0
  • comentários

Sob crise financeira e com dois meses de salários atrasados, o Botafogo busca novas fontes de renda. É por isto que a diretoria decidiu vender, nesta sexta-feira, o mando de campo da partida contra o Fluminense, válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, para o Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Os valores não foram divulgados. A informação foi dada pelo perfil "El Poderoso Fogon" e confirmada pelo LANCE!.

No primeiro turno, Alvinegro venceu o Tricolor por 1 a 0 (Foto: Vitor Silva / Botafogo)
No primeiro turno, Alvinegro venceu o Tricolor por 1 a 0 (Foto: Vitor Silva / Botafogo)
Foto: Lance!

Inicialmente, a partida estava marcada para o dia 6 de outubro, um domingo, no Estádio Nilton Santos. É provável que a data e o horário do duelo não sejam alterados. No primeiro turno, a equipe de Eduardo Barroca superou o Tricolor por 1 a 0, com gol de Alex Santana, no Maracanã.

Será a segunda vez que o Botafogo venderá um mando de campo no atual Campeonato Brasileiro. Contra o Palmeiras, pela sexta rodada da competição, o Alvinegro também jogou em Brasília - e pelas mesmas razões: a necessidade de arrecadar fundos, já que o fluxo de caixa está parado.

Além disto, a diretoria do Botafogo possui outra proposta para vender um mando de campo. Os dirigentes tem "à mesa" a possibilidade de colocar o jogo contra o São Paulo, válido pela 20ª rodada e inicialmente marcado para o dia 21 de setembro, no Estádio Nilton Santos, também para o Mané Garrincha.

A proposta, contudo, não é unanimidade entre a diretoria do Glorioso. Internamente, a ideia de vender dois jogos com mando em um curto espaço de tempo dentro do Campeonato Brasileiro não é considerada como ideal. A proposta, contudo, está sob análise.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade