0

Barcelona desperdiça dois pênaltis, mas se garante na prorrogação e bate Cornellà pela Copa do Rei

O Barcelona não contou com Messi, que cumpre suspensão pela expulsão na final da Supercopa da Espanha

21 jan 2021
19h56
atualizado às 20h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Na noite desta quinta-feira, 21, o Barcelona derrotou o Cornellà por 2 a 0 em partida válida pela Copa do Rei. O Barça desperdiçou dois pênaltis no tempo regulamentar, mas se impôs na prorrogação e conquistou a vitória com gols de Dembelé e Braithwaite. O goleiro Ramón Juan, de 21 anos, foi o destaque positivo do Cornellà e evitou um placar mais elástico. O arqueiro chegou a abrir a cabeça nos treinos da semana, mas colocou uma proteção, foi para o duelo e fez uma grande partida.

O time misto do Barcelona teve muita dificuldade contra o Cornellà, da terceira divisão da Espanha (Foto: Divulgação / Twitter Barcelona)
O time misto do Barcelona teve muita dificuldade contra o Cornellà, da terceira divisão da Espanha (Foto: Divulgação / Twitter Barcelona)
Foto: Lance!

BARÇA INEFICAZ

O Barcelona teve 76% de posse de bola no primeiro tempo, mas não conseguiu ser eficiente. Dos sete chutes que tentou, apenas dois foram na direção do gol - um deles foi o pênalti desperdiçado por Pjanic. O português Francisco Tristão ainda teve um chute forte de fora da área, porém a zaga do Conrellà conseguiu o corte.

CORNELLÀ NÃO APROVEITA

O time da terceira divisão da Espanha esteve pouco com a bola no primeiro tempo. No entanto, criou três chances que poderiam resultar em gol. O primeiro lance foi em um cruzamento fechado, mas Neto saiu bem. No segundo, Guzmán desviou de cabeça e Araújo, dentro da área, não conseguir finalizar. O terceiro foi em um chute frontal e sem marcação, mas o atleta do Cornellà pegou muito mal na bola.

DE VILÃO À HERÓI

O primeiro tempo do Barça foi abaixo do esperado. Assim, o técnico Ronald Koeman precisou colocar em campo alguns titulares que estavam no banco - dentre eles, Dembelé. O atacante francês teve a oportunidade de abrir o placar, de pênalti, aos 43 minutos do segundo tempo. No entanto, o chute fraco, no meio e rasteiro não foi capaz de vencer o inspirado Ramón Juan. Na prorrogação, logo no primeiro minuto, Dembelé acertou um chute forte de fora da área que, dessa vez, venceu o goleiro do Cornellà.

DE HERÓI À VILÃO?

O goleiro Ramón Juan, do Cornellà, foi o melhor jogador do time alviverde da Catalunha: pegou dois pênaltis e fez defesas muito difíceis. No lance do primeiro gol, de Dembelé, o goleiro Ramón Juan até chegou a encostar na bola, mas não conseguiu evitar o primeiro gol do Barcelona. O chute foi forte, mas como o arqueiro tocou na bola, poderia ter mandado para escanteio.

BRAITHWAITE

O atacante teve uma noite para se esquecer. No segundo tempo, perdeu duas chances claras dentro da pequena área. Contudo, no último lance da partida, Pedri entrou sozinho na área e tocou para Braithwaite se redimir e garantir o Barça na próxima fase da competição.

MESSI FORA

O melhor jogador do time, Lionel Messi não pode entrar em campo porque cumpre suspensão pela expulsão na final da Supercopa do Rei.

Veja também:

Penapolense, Audax, Talleres… Relembre os vexames recentes do São Paulo em memes
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade