2 eventos ao vivo

Após 38 anos, mulheres assistem a jogo em estádio no Irã

Elas estavam desde 1981 sem poder frequentar uma partida de futebol por consequência da Revolução Islâmica

10 out 2019
15h44
atualizado às 15h47
  • separator
  • 0
  • comentários

A seleção iraniana goleou o Camboja nesta quinta-feira pelas eliminatórias asiáticas por incríveis 14 a 0. No entanto, apesar do placar elástico, a maior vitória do país hoje, estava nas arquibancadas. Após 38 anos de proibição, mulheres iranianas voltaram a frequentar uma partida de futebol no Irã.

Cerca de 3.500 mulheres estiveram presente na partida entre Irã e Camboja (Foto: AFP)
Cerca de 3.500 mulheres estiveram presente na partida entre Irã e Camboja (Foto: AFP)
Foto: LANCE!

Cerca de 3.500 mulheres estiveram presentes no Estádio Azadi, em Teerã para assistir a goleada da equipe, que teve Karim Ansarifard como artilheiro, com quatro gols. A proibição das mulheres nos estádios do país foi iniciada em 1981, como consequência da Revolução Islâmica de 1979.As autoridades do país liberaram a entrada das mulheres dada a pressão da Fifa e de ativistas. Durante a premiação do 'The Best', realizada no último mês, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, falou sobre o assunto. O mandatário chamou atenção para a presença do treinador e diretor técnico da seleção feminina do Irã para alertar sobre a condição no país.

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade