PUBLICIDADE

Seleção olímpica inicia preparação para duelo com México

Jardine trabalha apenas com jogadores que foram reservas no duelo com o Egito. Matheus Cunha segue em observação pelos médicos

1 ago 2021 06h26
| atualizado às 06h53
ver comentários
Publicidade

A Seleção olímpica começou neste domingo a voltar suas atenções para o confronto com o México. A partida pelas semifinais dos Jogos Olímpicos acontece nesta terça-feira, às 5h, em Kashima.

Jardine ainda não sabe se contará com Matheus Cunha nas semifinais(Foto: DANIEL LEAL-OLIVAS / AFP
Jardine ainda não sabe se contará com Matheus Cunha nas semifinais(Foto: DANIEL LEAL-OLIVAS / AFP
Foto: Lance!

Para a atividade realizada em Tóquio, o técnico André Jardine contou basicamente com jogadores que iniciaram como reservas e quem não foi relacionado para a vitória por 1 a 0 sobre o Egito, no dia anterior, pelas quartas de finais do torneio. O único titular em campo foi o goleiro Santos.

O restante do grupo formado pelos titulares no jogo que classificou a Seleção para as semifinais realizou trabalho regenerativo. Ainda em Tóquio, o técnico André Jardine fará nesta segunda-feira (2) seu único treino com todo o elenco para o duelo com o México.

O atacante Matheus Cunha, que sofreu uma contratura muscular e saiu no decorrer da partida, continua em observação e é dúvida para o confronto. O Brasil tende a ir a campo com: Santos, Daniel Alves, Nino, Diego Carlos e Guilherme Arana; Douglas Luiz, Bruno Guimarães e Claudinho; Antony, Matheus Cunha (Paulinho) e Richarlison.

Caso a Seleção olímpica supere o México, sua ida para a final garantirá uma medalha para o Brasil, que disputará a final com o vencedor de Espanha e Japão. Em caso de frustração em campo, a equipe lutará pelo bronze.

VEJA O QUADRO DE MEDALHAS

Lance!
Publicidade
Publicidade