PUBLICIDADE

Robert Scheidt fica em 11º na primeira regata de Tóquio; Patrícia Freitas termina em 13º

Aos 48 anos, a lenda da vela estreou neste domingo na sétima Olimpíada da carreira

25 jul 2021 05h12
| atualizado às 06h00
ver comentários
Publicidade

Recordista de medalhas do Brasil em Jogos Olímpicos, o velejador Robert Scheidt estreou neste domingo na Olimpíada de Tóquio. Na primeira regata da classe Laser, o brasileiro ficou na 11ª posição. Já na categoria RS:X, o Brasil foi representado por Patrícia Freitas, que terminou na 13ª colocação.

Robert Scheidt estreou na Olímpiada de Tóquio neste domingo (Divulgação)
Robert Scheidt estreou na Olímpiada de Tóquio neste domingo (Divulgação)
Foto: Lance!

Na prova de Scheidt, que teve atraso pelas condições ruins do mar, o vencedor foi Jean Baptiste Bernaz, da França, seguido por Kaarle Tapper (Finlândia) e Hermann Tomasgaard (Noruega). O velejador disputa segunda regata ainda neste domingo. Aos 48 anos, Scheidt soma dois ouros, duas pratas e um bronze.

Um pouco antes da prova de Scheidt, Patrícia Freitas disputou a prova de vela na categoria RS:X. Ao todo, serão 12 séries até a final. A brasileira ainda disputa duas séries neste domingo para tentar melhorar o resultado e garantir vaga na próxima fase. Charline Picon (França) e Yunxiu Lu (China) lideram a prova.

Lance!
Publicidade
Publicidade