PUBLICIDADE

Jogos de Paris

Engenheira brasileira comenta expectativas para a etapa de São Paulo da Fórmula E

Laís Campelo trabalha na Jaguar TCS Racing desenvolvendo softwares que ajudam a equipe a visualizar dados

26 fev 2024 - 20h59
Compartilhar
Exibir comentários

Enquanto os pilotos do Campeonato Mundial de Fórmula E chamam a atenção do público e vivem a expectativa para a etapa de São Paulo, que acontecerá no dia 16 de março, centenas de profissionais atuam nos bastidores em busca da excelência, passando por áreas como administração, faxina e engenharia de veículos. Uma delas é a brasileira Laís Campelo, engenheira de software e dados da Jaguar TCS Racing.

Laís Campos, engenheira da Fómula E
Laís Campos, engenheira da Fómula E
Foto: Foto: Divulgação

A profissional desenvolve aplicações de softwares que facilitam a vida dos demais engenheiros da empresa a visualizar dados. Dessa forma, eles conseguem economizar tempo e pensar em soluções mais amplas para os problemas que aparecem no dia a dia da equipe.

Laís é de Salvador, saiu do Brasil em 2007 e foi estudar em Manchester (ING), onde se formou em Física. Apaixonada por automobilismo, não pensou duas vezes antes de aceitar o convite da Jaguar.

"Resolvi pular nessa aventura e estou muito feliz. Minha mãe me inspira demais. Sempre a vi, assim como todos da minha família, muito dedicados aos seus trabalhos. Isso me inspira a dar o meu máximo sempre. Meus colegas de trabalho também são motivações. Quando você vê o outro se esforçando, acredita que deve fazer o mesmo e somos todos assim na equipe", comentou Laís.

Este será o segundo ano consecutivo em que o Sambódromo do Anhembi será o palco do E-Prix de São Paulo. Na temporada passada, a prova foi marcada pelo alto número de ultrapassagens e troca de liderança, e foi vencida pelo neozelandês Mitch Evans, da própria Jaguar. O pódio, aliás, teve domínio da fabricante britânica, com Nick Cassidy (Envision Racing, cliente da Jaguar) em segundo e Sam Bird em terceiro.

"No ano passado, tive a oportunidade de ir a São Paulo e assistir à etapa brasileira. Pude estar com o meu time e felizmente tivemos uma grande vitória. Foi especial estar ali com todo mundo. Agora, temos que trabalhar para repetir o resultado em 2024", acrescenta a engenheira.

A etapa de São Paulo será a quarta do Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E de 2024, no circuito montado no Sambódromo do Anhembi. Os ingressos para o E-Prix de São Paulo estão à venda e podem ser adquiridos através do site da Eleven Tickets. 

Nas três primeiras provas desta temporada, os vencedores foram Pascal Wehrlein (ALE), da Tag Heuer Porsche; Jean-Éric Vergne (FRA), da Andretti, e Oliver Rowland (GBR), da Jaguar.

"A competição deste ano em São Paulo deve ser mais difícil do que a do ano passado, porque os competidores têm mais informações sobre carros e estratégias. Em 2023, estava todo mundo meio que aprendendo a correr com a nova geração do carro. Então, acredito que a disputa vai ser bem mais acirrada", finaliza Laís.

Sobre a Fórmula E e 'ABB FIA Formula E World Championship':

Primeiro campeonato mundial elétrico da FIA - Federation Internationale de l'Automobile, a Fórmula E desponta como único esporte neutro em carbono da história, certificado desde a concepção.

O Campeonato Mundial de Fórmula E da ABB FIA realiza corridas eletrizantes ao redor das cidades mais icônicas do mundo, onde tornou-se importante plataforma internacional para o desenvolvimento da tecnologia de veículos elétricos e a promoção da mobilidade limpa, através do automobilismo de alta-performance.

Na Fórmula E, equipes e parceiros unem-se pela paixão ao esporte e pela crença no potencial para acelerar o progresso sustentável, criando um futuro melhor para as pessoas e para o planeta.

On Board Sports
Compartilhar
Publicidade
Publicidade