PUBLICIDADE

São Paulo joga mal, cai diante do Flamengo e perde mais uma no Brasileirão

Com técnico Thiago Carpini na corda bamba, equipe tricolor não consegue superar time rubro-negro no Maracanã

23 abr 2024 - 09h49
(atualizado às 09h49)
Compartilhar
Exibir comentários

O São Paulo perdeu para o Flamengo, nesta quarta-feira, no Maracanã, por 2 a 1, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, e viu aumentar a pressão sobre o trabalho do técnico Thiago Carpini. Com duas derrotas, o time tricolor ainda não soma ponto na competição. Já o rubro-negro carioca soma seis e lidera a classificação.

Como se esperava, o Flamengo começou com o domínio da partida. O São Paulo se posicionava para o contra-ataque, mas não possui jogadores com esta característica.

Apesar de ficar menos tempo com a bola, o São Paulo teve a primeira boa chance de gol. Foi aos 18 minutos, com Alisson, que forçou o goleiro Rossi a fazer boa defesa, após roubar a bola na intermediária.

O lance parece ter acordado o Flamengo. No lance seguinte, Luiz Araújo, que havia entrando no lugar de Everton Cebolinha (machucado), sete minutos antes, acertou um belo chute colocado para abrir o placar.

A partir daí, só o Flamengo produziu algo de produtivo no ataque, mas faltou pontaria para Pedro e De la Cruz. Já o São Paulo pouco contou com o artilheiro Calleri, visivelmente ainda sem ritmo de jogo, um pouco perdido no comando do ataque.

O foco do Flamengo na volta para a etapa final foi o seu lado esquerdo, com Bruno Henrique. O time dominou a partida e acumulou boas oportunidades. Em uma delas, Pedro fez grande jogada e bateu para defesa parcial de Rafael, No rebote, De la Cruz fez 2 a 0, aos oito minutos.

No São Paulo, Carpini, que já havia colocado Erick e Ferreira no intervalo, trocou Calleri por André Silva, mas as alterações não deram resultado e o time pouco produziu no ataque.

Enquanto isso, o Flamengo, com boas trocas de passes, foi envolvente e ficou sempre perto da área são-paulina, mas parece ter perdido a concentração. Aos 33 minutos, Alisson cruzou da direita e Ferreira nem precisou saltar para cabecear e diminuir a vantagem carioca.

O gol desestabilizou o Flamengo e animou o São Paulo, que criou mais duas chances para empatar. Uma com Ferreira (duas vezes) e outra com Luciano. Mas a maior chance foi do Flamengo, aos 49 minutos, com Pulgar. Rafael fez grande defesa.

FLAMENGO 2 X 1 SÃO PAULO

  • FLAMENGO - Rossi; Varela, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Ayrton Lucas; Erick Pulgar, Allan (Igor Jesus) e De la Cruz (Gerson); Bruno Henrique (Victor Hugo), Pedro e Everton (Luiz Araújo). Técnico: Tite.
  • SÃO PAULO - Rafael; Ferraresi (Erick), Arboleda e Diego Costa; Igor Vinícius, Pablo Maia (Juan), Alisson, Michel Araújo (Ferreira) e Welington; Luciano e Calleri (André Silva). Técnico: Thiago Carpini.
  • GOLS - Luiz Araújo aos 19 minutos do primeiro tempo. De la Cruz aos oito e Ferreira aos 33 do segundo.
  • CARTÕES AMARELOS - Fabrício Bruno, Igor Vinícius, Michel Araújo, Luciano
  • ÁRBITRO - Anderson Daronco (RS).
  • PÚBLICO - 48.103 presentes
  • RENDA - R$ 2.496.042,50.
  • LOCAL - Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).
Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade