PUBLICIDADE

Futebol Internacional

Goleiro ex-Internacional e hoje no Rio Ave fala sobre campanha dos portugueses para ajudar o Rio Grande do Sul

Goleiro Lucas Flores fala sobre a ajuda que seu clube atual faz para as vítimas das fortes chuvas no Rio Grande do Sul

21 mai 2024 - 15h48
(atualizado às 15h48)
Compartilhar
Exibir comentários
Lucas Flores durante treinos pelo Rio Ave (Divulgação / Rio Ave)
Lucas Flores durante treinos pelo Rio Ave (Divulgação / Rio Ave)
Foto: Esporte News Mundo

O Rio Ave, clube da primeira divisão portuguesa, iniciou uma campanha na última semana para angariar fundos que irão para as ajudas das vítimas das enchentes que afetaram o Rio Grande do Sul no começo deste mês. O goleiro Lucas Flores, natural do Rio Grande do Sul e revelado pelo Internacional, comentou sobre a campanha de seu atual clube para ajudar seus conterrâneos.

"Logo que vimos o que estava se passando no estado, procuramos formas e maneiras de ajudar as pessoas atingidas. Entramos em contato com o clube de imediato, que logo demonstraram um afeto e carinho muito grande por nós para nos ajudar nesta situação, da maneira que for. E a partir disso, o clube começou com as arrecadações de valores para o Rio Grande do Sul, que foi divulgado pelo clube. Foi um gesto muito grande do clube conosco, gaúchos neste momento difícil", disse Lucas.

"Não apenas o clube, mas toda a população portuguesa tem demonstrado muita solidariedade ao Rio Grande do Sul, e da minha parte, agradeço muito por toda ajuda e carinho do povo português com todos que foram afetados", completou o goleiro.

Lucas também comentou como tem visto a tragédia que abala seu estado natal de longe e diz sentir-se angustiado e espera que tudo possa passar logo e o estado ser reconstruído o mais rápido possível.

"É um assunto muito triste. Para mim que sou do Rio Grande do Sul, fica um sentimento de angústia e preocupação, em ver o estado da maneira em que se encontra, em um momento delicado. A cidade onde nasci, São Pedro do Sul, no centro do estado, foi uma das menos afetadas, e felizmente minha família está bem, e estou em contato diretamente com eles", comentou Lucas.

"Mas por outro lado, eu vivi muito tempo da minha vida em Porto Alegre, e ver a situação que se encontra a cidade, e a região metropolitana, fica um sentimento muito triste, muito ruim, de ver tudo que as pessoas estão passando. Espero que a situação possa melhorar o quanto antes, e com a ajuda de todos, vamos ajudar o Rio Grande do Sul a sair desse momento desesperador", ressaltou.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade