6 eventos ao vivo

Ex-meia da Seleção, Valdo assume a base da seleção do Congo

28 fev 2017
22h02
atualizado às 22h43
  • separator
  • 0
  • comentários

O ex-meia Valdo, conhecido por passagens por Grêmio, Benfica, Paris Saint-Germain e Seleção Brasileira, assumiu uma nova função dentro do futebol. Nesta terça-feira, o ex-jogador de 53 anos foi anunciado como treinador das seleções juniores da República do Congo, país da África.

Valdo Cândido de Oliveira Filho, que já teve outros trabalhos como treinador e assistente, terá como principal missão a revitalização do Centro Nacional de Formação de Futebol do Congo (CNFF) e o auxílio na formação de jovens atletas no país. O contrato assinado foi de três anos de duração.

A escolha, segundo os dirigentes do futebol congolês, foi feita pelo fato de Valdo ser um técnico jovem, com boa comunicação, amplo domínio da língua francesa, e com uma filosofia de jogo parecida à do técnico anterior, o italiano Paolo Berrettini.

Conhecido pela sua excelente técnica e preparo físico, Valdo teve grandes momentos no futebol no final dos anos 80 e início dos anos 90. Atuando como meio-campista, o ex-atleta iniciou sua carreira no Figueirense, mas efetuou poucos jogos, tendo maior destaque após sua transferência para o Grêmio, em 1984.

No Tricolor Gaúcho, o jogador permaneceu por quatro anos e foi tetracampeão gaúcho. Com isso, despertou o interesse do Benfica e se transferiu para o futebol português em 1988. Nos Encarnados, o meia teve duas passagens. Na primeira, conquistou o Campeonato Português de 1989. Já na segunda, a Taça de Portugal de 1996.

Entre este período, Valdo defendeu o Paris Saint-Germain, realizando mais de 100 jogos em passagem que durou de 1991 a 1995. Na equipe francesa, o meia conquistou a Copa da França de 1995.

Após o período pela Europa, Valdo teve uma rápida passagem pelo futebol japonês, atuando pelo Nagoya Grampus Eight por um ano. Depois, o meia retornou ao Brasil e atuou por diversos clubes, como Cruzeiro, Santos, Sport, Atlético-MG, Grêmio, São Caetano e Botafogo, equipe pela qual se aposentou.

Valdo também teve uma longa história com a camisa da Seleção Brasileira, atuando nas Copas do Mundo de 1986 e 1990, além de conquistar o título da Copa América de 1989 como um dos principais destaques da equipe. No total, foram 49 jogos disputados com a camisa canarinho, com quatro gols marcados.

Como técnico, Valdo iniciou a carreira no União Rondonópolis, em 2009. Também teve uma passagem no Metropolitano Maringá, em 2011, e no Serra Macaense, do Rio, em 2012 (como gerente).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade