PUBLICIDADE

Holanda é eliminada da Eurocopa pela República Tcheca

No começo da etapa final, o zagueiro De Ligt foi expulso, o que foi fatal para os holandeses

27 jun 2021 15h14
| atualizado às 15h28
ver comentários
Publicidade
Jogadores da seleção holandesa comemoram vitória na Eurocopa
Jogadores da seleção holandesa comemoram vitória na Eurocopa
Foto: Bernadett Szabo / Reuters

A Holanda se despediu da Eurocopa neste domingo, 27, nas oitavas de final ao perder para a República Tcheca por 2 a 0, em Budapeste, com gols de Holes e Schick.

A seleção holandesa foi melhor no primeiro tempo, apesar do bom trabalho dos tchecos em tentar anular a equipe adversária.

No começo da etapa final, o zagueiro De Ligt foi expulso, o que foi fatal para os holandeses. Pouco tempo depois do cartão vermelho, a República Tcheca chegou aos seus gols.

Classificados para as quartas de final, os tchecos irão enfrentar a Dinamarca, no próximo sábado, às 13 horas (de Brasília).

Jogo

Os comandados de Frank de Boer chegaram favoritos ao confronto. E no início do jogo, a Holanda expôs esse favoritismo. Com sete minutos, De Ligt conseguiu bom cabeceio mas acabou errando. Poucos minutos depois, Dumfries driblou o goleiro, mas, antes de fazer o gol, a defesa adversário salvou.

Após pressão inicial, os holandeses baixaram o ritmo. Aos 21, os tchecos tiveram grande chance em cruzamento de Sevcik, que achou Soucek livre, mas o volante não conseguiu cabecear em cheio.

Barák também teve boa oportunidade dentro da área, mas finalização foi travado por De Ligt.

Segundo tempo

A Holanda tentou repetir o bom início no primeiro tempo na etapa final. Com seis minutos, Malen saiu cara a cara com o goleiro, tentou driblar, mas não conseguiu. Não deu tempo do relógio completar uma volta e os tchecos já chegaram em velocidade, mas acabaram sendo parados por De Ligt, que colocou a mão na bola. Após revisão do VAR, o zagueiro da Juventus foi expulso.

Com um a mais, a República Tcheca teve muito mais facilidade para atacar. Em cruzamento para dentro da área, o goleiro Stekelenburg saiu mal, Kalas ajeitou para Holes, que balançou as redes, aos 22 minutos.

O segundo gol não demorou a aparecer. Holes conseguiu passar pela zaga adversária e rolou para Schick marcar, aos 34, e praticamente garantir a vaga nas quartas.

Com dois gols atrás do placar, a Holanda não conseguiu produzir novas chances de perigo para buscar uma reação.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade