PUBLICIDADE

Coronavírus: Eurocopa e Copa América são adiadas para 2021

Principais competições de seleções seriam disputadas neste ano, mas sofreram alteração de data em razão do vírus

17 mar 2020
10h20 atualizado às 11h11
0comentários
10h20 atualizado às 11h11
Publicidade
Homem com máscara de proteção passa pelo logo da Euro 2020
Homem com máscara de proteção passa pelo logo da Euro 2020
Foto: Inquam Photos/Octav Ganea / Reuters
A próxima edição da Eurocopa e da Copa América serão disputada apenas em 2021. Nesta terça-feira, antes mesmo de um anúncio formal da Uefa, a Federação Norueguesa de Futebol informou o adiamento em um ano do torneio europeu de seleções, em função da pandemia de coronavírus e a Conmebol, entidade que organiza o futebol sul-americano, também definiu pela suspensão de seu torneio para o ano que vem.

A Eurocopa agora ocorrerá de 11 de junho e a 11 de julho de 2020. Essa foi a proposta apresentada pela Uefa na reunião de emergência realizada através de um teleconferência com suas 55 federações nacionais e que precisa do aval do seu comitê executivo.

Anteriormente, a Eurocopa estava programada para começar em 12 de junho, sendo disputada em 12 países diferentes pela primeira vez na sua história. E o adiamento se tornou a opção preferida pela Uefa desde a semana passada, especial por liberar várias semanas para que seja possível completar as competições nacionais de clubes, além da Liga dos Campeões e da Liga Europa, paralisadas por causa do coronavírus.

Quanto a Copa América, a informação do adiamento foi confirmada pelo jornal Olé. A publicação garante que a Argentina e a Colômbia continuarão como sedes no ano que vem. A tendência é que a Conmebol confirme a alteração a qualquer momento e com a decisão, a Copa Libertadores deste ano, paralisada em razão do coronavírus, ganha novas datas para ser realizadas, após a pandemia acabar.

Veja também:

Diário do coronavírus em Wuhan: a história de um casal em quarentena onde tudo começou:

 

Estadão
Publicidade
Publicidade