PUBLICIDADE

Liverpool vence nos acréscimos, passa Chelsea e vira líder

Gol de Origi, o único da partida, faz a equipe de Jürgen Klopp chegar aos 34 pontos e assumir a ponta da tabela de forma provisória

4 dez 2021 14h38
| atualizado às 14h53
ver comentários
Publicidade
Liverpool vence nos acréscimos, passa Chelsea e vira líder
Liverpool vence nos acréscimos, passa Chelsea e vira líder
Foto: Action Images via Reuters

O Campeonato Inglês tem um novo líder. O Liverpool superou a ótima marcação do Wolverhampton aos 49 minutos do segundo tempo e venceu os adversários por 1 a 0 neste sábado (4), aproveitando o tropeço do Chelsea para assumir a liderança isolada do torneio. O duelo foi válido pela 15ª rodada e aconteceu no estádio Molineux.

O Liverpool chega aos 34 pontos e ultrapassa Chelsea e Manchester City para ficar na liderança, ao menos momentaneamente, já que o City ainda joga na rodada. O Wolverhampton lutou, mas com a derrota segue com 21 pontos, na oitava colocação.

Tentando aproveitar o vacilo do Chelsea na rodada para assumir a liderança, o Liverpool encontrou pela frente um adversário difícil da parte de cima da tabela pela frente neste sábado. O Wolverhampton fez uma excelente atuação defensiva no primeiro tempo e conseguiu bloquear Salah e Mané, que não finalizaram. O time de Klopp foi a campo com exatamente a mesma escalação que goleou o Everton no clássico da última rodada.

José Sá, goleiro do Wolverhampton, fez uma defesaça com o pé no primeiro lance após a volta do vestiário. Ainda no início do segundo tempo, Dendoncker chutou com muito perigo e Alisson conseguiu agarrar. A resposta do Liverpool foi imediata e gerou o lance mais impressionante do jogo. O goleiro do Wolverhampton se atrapalhou com um zagueiro e o aniversariante Diogo Jota disparou com o gol escancarado, mas Coady conseguiu bloquear o chute em cima da linha do gol.

O sistema defensivo dos mandantes seguia muito concentrado e, quando ocorria um descuido, José Sá estava lá para salvar o Wolverhampton. Assim aconteceu em chance clara nos pés de Sadio Mané nos minutos finais. A persistência do Liverpool falou mais alto e o gol finalmente saiu aos 49 minutos do segundo tempo, com Origi, que saiu do banco, finalizando da pequena área. O gol teve assistência de Salah, que chega à marca de 13 jogos consecutivos com participação em gol.

Já classificado, o Liverpool tentará coroar uma grande campanha na fase de grupos da Liga dos Campeões no meio da próxima semana, em confronto diante do Milan, pela sexta rodada. Pelo Campeonato Inglês, o time de Klopp volta a campo para enfrentar o Aston Villa em Anfield no próximo sábado, mesmo dia em que o Wolverhampton visitará o Manchester City no que promete ser mais um jogo difícil para os comandados de Bruno Lage.

Os outros jogos que aconteceram no mesmo horário também tiveram poucos gols. O Newcastle venceu o Burnley por 1 a 0, enquanto o Southampton ficou no empate por 1 a 1 com o Brighton & Hove Albion.

Estadão
Publicidade
Publicidade