PUBLICIDADE

Chelsea vence Malmo e Juventus garante a liderança do grupo

Com o resultado, o time inglês está com nove pontos e segue atrás da Juventus, líder do Grupo H

2 nov 2021 16h56
| atualizado às 19h26
ver comentários
Publicidade

O Chelsea conquistou vitória importante nesta terça-feira. Na Liga dos Campeões, a equipe de Thomas Tuchel superou o Malmo por 1 a 0 e agora tem os mesmos nove pontos que a Juventus, líder do Grupo H. Em contrapartida, o Malmo segue zerado na tabela. Na quinta rodada, o Chelsea encara a Juventus dia 23 de novembro, às 17 horas (de Brasília). Nos mesmos dia e horário, o Malmo recebe o Zenit. 

Chelsea venceu o Malmo por 1 a 0 em partida realizada nesta terça-feira, 2
Chelsea venceu o Malmo por 1 a 0 em partida realizada nesta terça-feira, 2
Foto: Reuters

O jogo - O primeiro tempo acabou zerado e os londrinos tiveram  mais chances para abrir o placar, mas a pontaria não estava 100% calibrada. Aos nove minutos, o Malmo teve ótima oportunidade no contra-ataque, mas contou com troca de passes errados entre Nanasi e Colak. Aos 15, o Chelsea chegou pela direita com Havertz e tentou um chute cruzado, mas o goleiro Dahlin defendeu.

Aos 28, a estrela do goleiro londrino brilhou. Os Blues desceram em contra-ataque com Loftus-Cheek, que acionou Havertz. Ele entrou na área cara a cara com Dahlin e tentou bater para o gol. A bola parou na defesa do arqueiro e a equipe perdeu a chance de abrir o placar.

Na segunda etapa o Chelsea começou a avançar pelas laterais e estudar mais o ataque. Aos dez minutos, após rápida troca de passes, Loftus-Cheek escapou pela direita, chegou perto da área e cruzou para Ziyech mandar para o fundo das redes e estrear o marcador.

Depois de algumas ameaças do Malmo, o Chelsea não se esquivou e continuou tentando ampliar a vantagem, mas sem êxito. A melhor chance depois do tento foi com Havertz aos 32 minutos. O atacante recebeu a bola em boas condições entre os marcadores, ficou cara a cara com Dahlin e bateu colocado. Mais uma vez, o goleiro adversário fez bela defesa.

Juventus bate o Zenit por 4 a 2 

A Juventus recebeu o Zenit dos brasileiros Claudinho e Malcom e contou com bela atuação de Paulo Dybala e Chiesa para vencer por 4 a 2, seguindo com os 100% de aproveitamento na competição. O primeiro gol da partida foi marcado por Dybala, logo aos 11 minutos de bola rolando na primeira etapa. Após cobrança de escanteio pela esquerda, o camisa 10 aproveitou bate-rebate na grande área para pegar bonito na bola e abrir o marcador.

O placar foi igualado aos 25 minutos. Bonucci tentava afastar cruzamento de cabeça mas acabou mandando contra o próprio gol. O goleiro Szczesny não teve chances de defesa. O jogo ia empatando até segunda etapa, quando, aos 13, o juiz apontou pênalti para a Velha Senhora. Na cobrança, Dybala tirou muito e mandou para fora, porém, o árbitro viu invasão de jogadores do Zenit e orientou uma nova cobrança. Desta vez, o argentino não perdoou e anotou seu segundo.

O terceiro gol foi marcado por Chiesa, aos 28. O italiano deixou o zagueiro Lovren no chão com bela gingada e fuzilou para as redes. Para fechar a conta, aos 37, Dybala lançou Morata, que, no cara a cara, bateu por baixo, na saída do goleiro. Os russos ainda diminuíram com Azmoun, aos 47, mas não havia tempo de mais nada.

Com a vitória, a Juventus é primeira colocada do grupo H, com 12 pontos e 100% de aproveitamento até aqui. O Zenit ocupa a terceira posição, com apenas três pontos conquistados.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade