PUBLICIDADE

Colômbia vence fácil o Panamá em amistoso antes da Copa América

3 jun 2019 21h00
| atualizado às 21h00
ver comentários
Publicidade

Na noite desta segunda-feira, a Colômbia venceu o Panamá por 3 a 0 em amistoso internacional, no estádio El Campín, em Bogotá como preparação para a Copa América. Com extrema facilidade, os sul-americanos fizeram os três gols ainda no primeiro tempo, tiraram o pé no segundo e conseguiram o triunfo sem susto algum. Os tentos foram marcados por Tesillo, Muriel e Falcao García.

Além da boa vitória, a partida serviu para vários jogadores atuarem. James Rodríguez, por exemplo, começou o duelo no banco de reservas. Como o segundo tempo estava morno, o camisa 10 entrou para ajudar a equipe criar algumas jogadas, mas o placar da etapa inicial se manteve.

Antes de estrear na Copa América, a equipe de Carlos Queiroz pega o Peru em amistoso no domingo, às 18h00 (horário de Brasília). Os panamenhos enfrentarão o Uruguai, na sexta-feira, às 20h00 (horário de Brasília).

O jogo - Mostrando sua superioridade desde os primeiros instantes, a Colômbia precisou de apenas cinco minutos para abrir o placar. Após cobrança de falta pelo alto na área, Tesillo subiu mais do que todo mundo e, de cabeça, colocou os donos da casa na frente.

A pressão dos colombianos seguia grande. Luis Muriel recebeu bom passe na área, girou e bateu forte para a bela defesa de Calderón. No rebote, Falcao García tentou finalizar, mas errou ao tentar o domínio. Na sequência, o centroavante recebeu de Cuadrado e tentou, e a bola passou perto do travessão.

Frágil, a seleção do Panamá pouco conseguia criar alguma jogada de perigo. O primeiro bom ataque foi aos 20 minutos, após Gabriel Torres aproveitar um rebote da defesa colombiana pela esquerda. Na hora de finalizar, bateu muito mal.

A equipe comandada por Carlos Quieroz seguia mandando no confronto e conseguiu o segundo gol. Muriel recebeu na entrada da área e bateu forte. Antes do apito final do primeiro tempo, deu tempo para o terceiro. Falcao García sofreu falta na entrada da área. Na cobrança, o atacante não desperdiçou e fechou a conta da etapa inicial.

Como esperado, o ritmo do segundo tempo caiu vertiginosamente. Os treinadores aproveitaram para fazerem várias trocas e observarem os reservas das seleções. Até que aos 18 minutos, Carlos Queiroz chamou James Rodríguez, a principal estrela da Colômbia, para a alegria da torcida.

Com o camisa 10 em campo, a partida melhorou um pouco. James conseguiu acertar uma bola na trave, em finalização de longe. O jogador ainda deu uma boa assistência para Zapata, que acabou errando o chute. Assim, o placar final não se alterou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade