0

Flamengo é punido com dois jogos sem torcida na Libertadores

24 jan 2018
19h20
atualizado às 19h27
  • separator
  • comentários

O Flamengo não poderá atuar em casa nos dois primeiros compromissos que terá pela Copa Libertadores deste ano. A Conmebol anunciou nesta quarta-feira a punição ao clube da Gávea por conta da grande confusão protagonizada por torcedores rubro-negros no jogo de volta da decisão da Copa Sul-Americana, em dezembro, contra o Independiente.

Foto: Marcelo Moreira / Futura Press

Além de perder o mando de campo nos dois primeiros jogos do torneio continental, o Flamengo também foi multado pela entidade que regula o futebol sul-americano em nada mais, nada menos que 300 mil dólares (R$ 945 mil).

No último dia 13 dezembro, muitos flamenguistas que não possuíam ingresso para a decisão da Sul-Americana tentaram o acesso ao estádio do Maracanã na força. Um grande contingente de rubro-negros foi flagrado pelas câmeras de segurança destruindo portões e outras estruturas para controlar a entrada dos torcedores. O tumulto foi tamanho que houve até mesmo casos de pisoteamento.

Integrante do Grupo 4 da Libertadores, o Flamengo estreia na competição no próximo dia 28 de fevereiro, contra o River Plate, com os portões fechados. A segunda partida que aconteceria diante dos torcedores rubro-negros, contra um adversário ainda a ser definido através das preliminares, seguirá na mesma linha, ou seja, sem qualquer incentivo vindo das arquibancadas.

Desta forma, o Flamengo disputará um único jogo da fase de grupos com a presença de rubro-negros no Maracanã. Será no dia 16 de maio, contra o Emelec, do Equador, em confronto válido pela quinta rodada, a penúltima antes das oitavas de final.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade