PUBLICIDADE

Fifa define Brasil como país sede da Copa do Mundo Feminina 2027

Congresso realizado na Tailândia para escolher local aconteceu nesta sexta

17 mai 2024 - 07h13
Compartilhar
Exibir comentários

O Congresso da Fifa definiu o Brasil como sede da Copa do Mundo Feminina de 2027, na madrugada desta sexta-feira (17). O país tinha favoritismo e concorreu com a união entre Holanda, Alemanha e Bélgica.

Em Bangkok (Tailândia), sede do congresso, a comitiva brasileira foi formada por jogadoras, autoridades e consultores da candidatura. A delegação conta com o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, o ministro do Esporte, André Fufuca, Aline Pellegrino (vice-campeã mundial em 20027 e gerente de Competições Femininas da CBF), Kerolin (atacante da Seleção Brasileira), Formiga (única atleta a disputar sete Copas do Mundo da FIFA), as consultoras Valesca Araújo, Jacqueline Barros, Manuela Biz e o consultor Ricardo Trade.

Alguns motivos levaram o Brasil a ser o país de maior chance de ser a sede da Copa do Mundo Feminina. O primeiro deles é de que a competição nunca foi disputada na América do Sul. O segundo é a nota do país no relatório da Fifa, que é a mais alta do que a dos europeus (4 numa escala de 1 a 5 contra 3,7 dos concorrentes).

Até novembro de 2023, a Copa do Mundo Feminina contava com quatro candidaturas. A África do Sul foi a primeira a desistir. Depois, EUA e México também abriram mão. Ambos os países tentar sediar o torneio em 2031.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade