PUBLICIDADE

Palmeiras e São Paulo empatam em 0 a 0

Times voltam a se enfrentar no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no estádio do Morumbi

20 mai 2021 23h56
| atualizado em 21/5/2021 às 00h03
ver comentários
Publicidade

Palmeiras e São Paulo ficaram no 0 a 0 no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, nesta quinta-feira, no Allianz Parque. Em uma partida em que prevaleceu as defesas, ambas as equipes tiveram muitas dificuldades para criar chances claras de gol, protagonizando um clássico bastante disputado no meio-campo.

Apesar do empate sem gols no primeiro jogo da decisão do Estadual, o São Paulo tem muito mais motivos para se queixar do que o Palmeiras. Daniel Alves e Martín Benítez, dois dos principais atletas do elenco tricolor, se machucaram ainda no primeiro tempo e tiveram de ser substituídos, se tornando dúvidas para o jogo de volta.

Palmeiras e São Paulo voltam a se enfrentar no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no estádio do Morumbi. Se as duas equipes voltarem e empatar, independentemente do placar, o título será decidido nos pênaltis, já que não há o critério de gol fora de casa.

Primeiro confronto pela decisão do Campeonato Paulista termina em empate
Primeiro confronto pela decisão do Campeonato Paulista termina em empate
Foto: Jorge Bevilacqua/Código19/

O jogo - O primeiro tempo foi marcado pela forte disciplina tática de ambos os lados. Marcando a saída de bola e oferecendo poucos espaços no campo, tanto São Paulo quanto Palmeiras enfrentavam dificuldades para chegar ao gol. Ainda assim, logo aos seis minutos o Verdão assustou pela primeira vez. Rony cruzou no segundo pau, e Victor Luis apareceu para completar, mas foi atrapalhado por Daniel Alves, que fez o corte.

O São Paulo tentava rodear a área do Palmeiras, trocava passes, mas faltava velocidade. O jeito era experimentar de fora da área. E foi exatamente isso o que aconteceu aos 13 minutos, quando Benítez ficou com a sobra e bateu, mas pegou mal na bola, facilitando a vida do goleiro Weverton.

O Palmeiras teve a melhor chance do primeiro tempo aos 14 minutos. Benítez deu a bola de presente para Rony, que puxou contra-ataque e tocou para Luiz Adriano. O atacante invadiu a área e chutou forte, forçando boa defesa de Tiago Volpi.

Se a situação do São Paulo já estava difícil, aos 30 minutos ficou ainda pior. Após sofrer falta de Victor Luis, Daniel Alves acusou fortes dores no joelho, tentou voltar ao gramado, mas acabou tendo de ser substituído por Igor Vinícius em pleno primeiro tempo.

Antes de as equipes irem para o intervalo, o São Paulo passou a frequentar mais o campo de ataque. Em boa trama pela direita, Igor Vinícius chegou na linha de fundo e cruzou para Pablo. Liziero acabou ficando com a sobra, finalizou da entrada da área, mas a bola bateu na zaga alviverde. Assim, os dois lados tiveram de se conformar com o empate sem gols na etapa inicial.

Segundo tempo

O Palmeiras voltou para o segundo tempo sem alterações. Já pelo lado do São Paulo, o técnico Hernán Crespo teve de sacar Benítez, mais um importante atleta a sentir incômodos físicos, para a entrada de Igor Gomes. Mas, apesar das mudanças, o Tricolor passou a frequentar mais o campo de ataque. Logo aos seis minutos, Pablo arriscou de fora da área, mas Weverton fez a defesa sem grandes problemas.

O Versão, por sua vez, respondeu aos 13 minutos. Miranda deu um presente para Raphael Veiga, errando o passe na saída de bola, e o meia não pensou duas vezes para soltar a bomba da entrada da área, obrigando Tiago Volpi a se esticar todo para espalmar a bola para escanteio.

O jogo continuou bastante estudado, e o melhor caminho para chegar ao gol era mesmo através das bolas paradas ou chutes de fora da área. Aos 16, Reinaldo soltou a bomba, a bola fez curva e dificultou a vida de Weverton, que ainda assim fez a intervenção. Depois, foi a vez de Igor Gomes ficar com o grito de gol entalado na garganta ao receber cruzamento perfeito de Igor Vinícius e errar a mira no cabeceio, livre da marcação.

O Palmeiras não se abalou com o ensaio de uma pressão do São Paulo. Aos 29 minutos, após cobrança de escanteio no primeiro pau, a bola bateu nas costas de Renan e passou rente a poucos milímetros da trave de Tiago Volpi. Depois, Rony tentou girar já finalizando, dentro da área, mas faltou pontaria para o atacante alviverde.

Antes de o juiz apitar o fim de jogo, o São Paulo ainda teve duas chances de ouro para sair de campo com a vitória. Primeiro com Pablo, que recebeu boa bola de Igor Vinícius, dentro da área, limpou a marcação, mas foi travado na hora "h" por Felipe Melo. Na sequência, Gabriel Sara soltou a bomba de longe e carimbou a trave de Weverton. Mas, não teve jeito. A bola teimou a entrar no Allianz Parque, e as duas equipes tiveram de se conformar com o empate sem gols no primeiro jogo da decisão.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 0 X 0 SÃO PAULO

Local: Allianz Parque, em São Paulo

Data: 20 de maio de 2021

Horário: 22h (de Brasília)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Anderson José de Moraes Coelho

VAR: José Cláudio Rocha Filho

Cartões amarelos: Rony, Abel Ferreira (Palmeiras); Miranda (São Paulo)

PALMEIRAS: Weverton; Luan, Gustavo Gómez e Renan; Mayke, Felipe Melo, Patrick de Paula (Danilo Barbosa), Raphael Veiga (Gustavo Scarpa) e Victor Luis; Rony e Luiz Adriano (Wesley).

Técnico: Abel Ferreira.

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Arboleda, Miranda e Léo; Daniel Alves (Igor Vinícius), Luan, Liziero, Gabriel Sara e Reinaldo; Benítez (Igor Gomes) e Pablo.

Técnico: Hernán Crespo.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade