PUBLICIDADE

Campeonato Mineiro

Cruzeiro vence o Atlético-MG e conquista o Campeonato Mineiro Feminino pela segunda vez na história

Com gol de Byanca Brasil, cabulosas foram melhores na partida e levaram o estadual após jejum de quatro ano

19 nov 2023 - 18h01
(atualizado às 18h01)
Compartilhar
Exibir comentários
Byanca Brasil fez o gol da conquista do Cruzeiro diante do Atlético-MG pelo Campeonato Mineiro Feminino 2023
Byanca Brasil fez o gol da conquista do Cruzeiro diante do Atlético-MG pelo Campeonato Mineiro Feminino 2023
Foto: Staff Images Woman/Cruzeiro / Esporte News Mundo

Campeãs! Neste domingo (19), em mais um clássico que protagonizou a decisão do Campeonato Mineiro Feminino, o Cruzeiro venceu o Atlético-MG por 1 a 0, e levantou sua segunda conquista estadual da história. Após três anos seguidos saindo com o vice, as Cabulosas conseguiram faturar a taça que não vinha para a Toca desde 2019.

O JOGO - PRIMEIRO TEMPO

Os primeiros momentos foram de um ataque e uma posse maior pelo lado celeste. A Raposa criou mais perigo ofensivo, com muitas chances claras desperdiçadas e defesas boas da goleira Rayssa. Houve momentos de pouca insistência e criação do Atlético. Aos 11′, a polêmica ocorreu após Isa Fernandes, do Cruzeiro, derrubar Lú Gomes, do Galo, na área de ataque. O juiz mandou o lance seguir.

Ao desenrolar da primeira etapa, o jogo ficou mais equilibrado, com as duas marcações elevando suas defesas com maior destaque. A maior chance atleticana veio aos 44′, quando Emily avançou pela direita para Neném, que dentro da área, perdeu na cara do gol e mandou para fora.

SEGUNDO TEMPO

A segunda voltou mais agitada. O Atlético começo a dar sinais melhores na linha de frente, com mais chances, mas o Cruzeiro também queria ir para a busca. A Raposa quase conseguiu o gol aos 10′, quando Mari Pires pegou a sobra na área, e mandou para a grande defesa de Raíssa. Aos 20′, a goleira atleticana voltou a salvar seu time em chegada perigosa de Gaby Soares.

Dois minutos depois, o marcador foi aberto. Após receber em uma bola de cabeça, a artilheira Byanca Brasil recebeu na cara do gol e matou para dentro do barbante, em favor das cabulosas. Após o gol, o Atlético buscou seguir construindo suas chances, e a Raposa buscava aproveitar mais as falhas das suas rivais, para assim chegar na linha de frente.

Aos 50′, o cenário do jogo poderia ter se alterado de rumo. Taty Amaro, goleira do Cruzeiro, derrubou Pavi na área e foi marcado pênalti para as Vingadoras. Mas, em ato 'heroico', a mesma defensora defendeu o chute de Soraya, carimbando o título mineiro celeste.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS

As Cabulosas terão a Brasil Ladies Cup ainda este ano, entre os dias 3 e 10 de dezembro. Já as Vingadoras se despedem da temporada neste ano.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade