PUBLICIDADE

Final da Sul-Americana tem ingressos até R$ 2,2 mil

Athletico-PR e Red Bull Bragantino se enfrentam no dia 20 de novembro, no estádio Centenário, em Montevidéu

26 out 2021 11h22
| atualizado às 11h42
ver comentários
Publicidade
Vista parcial do Estádio Centenário, na cidade de Montevidéu, no Uruguai
Vista parcial do Estádio Centenário, na cidade de Montevidéu, no Uruguai
Foto: MAURICIO DE SOUZA/Hoje em Dia/Gazeta Press

A Conmebol informou nesta terça-feira (26), através de um comunicado oficial, que abriu na segunda a venda de ingressos para a final da Copa Sul-Americana entre Athletico-PR e Red Bull Bragantino. A decisão será disputada no dia 20 de novembro, no estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. As entradas serão vendidas com preço a partir de R$ 557,59.

Serão, ao menos por enquanto, disponibilizados 20 mil ingressos. O mais barato para assistir à decisão da Sul-Americana custa US$ 100 (cerca de R$ 557,59 na cotação atual) e o mais caro, US$ 400 (R$ 2,23 mil). Cada clube finalista terá um setor designado para a presença de seus torcedores.

As vendas dos setores para cada finalista serão gerenciadas pelos clubes com seus torcedores, de acordo com o comunicado oficial da Conmebol. Cada torcida terá datas e horários específicos para acessar a plataforma e comprar ingressos.

Segundo a entidade, a arrecadação da venda dos ingressos "será reinvestida no futebol do continente, sendo 50% da arrecadação destinada aos clubes participantes e 50% para cobrir a organização e os custos operacionais do evento".

Palco das decisões, o estádio Centenário está em processo de reforma. De acordo com a Conmebol, estão sendo realizadas melhoras no gramado, iluminação, arquibancadas, vestiários, áreas de trabalho de imprensa e mídia e outras instalações.

Vale destacar que os torcedores que comparecerem ao estádio precisarão cumprir os protocolos de segurança da covid-19 do país local, o Uruguai. O público precisará apresentar documento de identidade oficial com foto/passaporte e comprovante original de vacinação contra o novo coronavírus.

Na final, o Athletico-PR vai em busca de seu segundo título da competição, após ter vencido em 2018. Já o Red Bull Bragantino chega para a decisão em busca da primeira conquista internacional de sua história.

Estadão
Publicidade
Publicidade