PUBLICIDADE

Com tumor na cabeça, ex-jogador do São Paulo deixa hospital e aguarda por cirurgia

Júnior Tavares foi revelado pela equipe do Morumbi e atualmente está no elenco da Ponte Preta

15 set 2023 - 20h28
Compartilhar
Exibir comentários

Internado às pressas na última quarta-feira com um tumor no cérebro, o lateral Júnior Tavares, da Ponte Preta, deixou o Hospital da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas nesta sexta, após ser medicado e ter recebido alta dos médicos. O jogador aguarda para a realização de uma cirurgia, que ainda não foi marcada. A expectativa é que ocorra na próxima semana.

Júnior Tavares deu entrada no hospital após sentir um mal-estar e um formigamento no braço. O lateral foi diagnosticado com tumor no cérebro em agosto e desde então não atua pela Ponte Preta. A alta, nesta sexta, foi confirmada pela assessoria de comunicação da PUC.

No primeiro momento, a Ponte Preta, através de sua assessoria de imprensa, afirmou que não arcaria com o tratamento do lateral. No entanto, após a grande repercussão do caso, o clube resolveu esclarecer o fato e publicou uma nota oficial, na qual se prontifica em pagar as diárias da internação.

Júnior Tavares foi revelado pelo São Paulo e atualmente está na Ponte Preta
Júnior Tavares foi revelado pelo São Paulo e atualmente está na Ponte Preta
Foto: Werther Santana / Estadão / Estadão

"A Ponte Preta destaca que, embora não seja obrigada por se tratar de um problema de saúde preexistente, tentou fazer o pagamento na noite de quinta-feira (14). Não foi possível porque o atleta relatou problema em sua conta bancária. A respeito da doença preexistente, não decorrente de sua atividade profissional, a Ponte Preta ressalta que nunca deixou de auxiliá-lo. Pelo contrário. Sempre esteve à disposição, oferecendo acompanhamento médico em todas as ações necessárias", diz o clube em nota.

MAIS DE JÚNIOR TAVARES

Júnior Tavares tem 27 anos e foi revelado pelo Grêmio. No time gaúcho fez poucas partidas no profissional e foi emprestado para o Joinville e, depois, para o São Paulo, onde apareceu no cenário nacional.

Pelo São Paulo, que mais tarde o contratou de forma definitiva, foram 75 partidas entre os anos de 2016 e 2019. Jogou ainda por Sampdoria, da Itália, e Portimonense, de Portugal, até voltar ao Brasil para defender o Sport.

Depois do Sport foi jogar no arquirrival, no Náutico. Foram: 54 jogos e três gols marcados. Foi contratado pela Ponte Preta no início do ano, sendo uma peça importante na conquista da Série A2 do Campeonato Paulista. Defendeu o time campineiro em 24 partidas.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade