0
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Em ascensão, América-MG enfrenta o pressionado CSA

1 set 2020
20h04
atualizado às 20h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Após uma grande vitória no clássico contra o Cruzeiro, o América-MG volta nesta quarta-feira à Arena Independência, às 16h30, para receber o CSA, que está recebendo várias críticas de sua torcida pelos resultados e a contratação do técnico Argel Fucks.

O técnico Lisca gostou bastante do desempenho do Coelho contra a Raposa, principalmente no primeiro tempo. Contudo, o treinador deixa claro que a equipe ainda tem que melhorar. "Sabemos que precisamos melhorar muito. Estamos ainda lamentando muito os dois pontos que deixamos contra o Operário e Juventude. Foram jogos que fomos superiores", disse o treinador. "A Série B pelo menos tem margem para recuperação, mas poderíamos estar com 13 pontos no mínimo. Estamos lamentando ainda e sabemos que podemos mais. 11 pontos em 18, pelo que a gente produziu, está abaixo da nossa expectativa", emendou.

Argel Fucks retorna ao CSA. (Foto: Divulgação/CSA/Ascom)
Argel Fucks retorna ao CSA. (Foto: Divulgação/CSA/Ascom)
Foto: Gazeta Esportiva

Sem suspensões ou lesões, o América-MG deve manter a escalação para enfrentar o time alagoano. O clube mineiro atualmente está na sexta colocação, porém mira o G-4 do Campeonato Brasileiro da Série B.

Do outro lado do confronto, a situação é oposta. Por conta de série de resultados ruins, o CSA demitiu Eduardo Baptista e contratou Argel Fucks como substituto. A escolha para a vaga de treinador não agradou os torcedores que até fizeram protestos em frente ao CT.

O novo técnico decidiu não rivalizar com o torcedor que reclamou sobre sua chegada. "Precisamos dar uma volta na competição e entrar no campeonato e trabalhar mais. Vim de peito aberto. Sei que o torcedor está um pouco chateado, e com razão", disse Argel.

A animosidade de parte da torcida vem do fato de, no ano passado, o técnico ter trocado o time alagoano para comandar o Ceará na reta final do Brasileirão. Na conclusão do campeonato, o CSA foi rebaixado e o clube cearense permaneceu na elite. Sem muito tempo para treinar a equipe, Argel deve manter a base do último jogo para a próxima partida. O CSA só não está dentro da zona de rebaixamento pelo critério do saldo de gols.

Avaí x Operário-PR

No mesmo horário, Avaí e Operário-PR irão se enfrentar na Ressacada. Dentro de casa, a equipe catarinense quer criar uma sequência de vitórias. Na última partida, ao vencer o Oeste por 2 a 0, a equipe do técnico Geninho quebrou a série de três derrotas que estava acumulando. Mesmo fora, a meta é se descolar da zona de rebaixamento.

Já o time paranaense vem se mostrando uma das sensações da Série B. Depois de uma campanha de meio de tabela no ano passado, o Operário está atualmente na segunda colocação e ainda não perdeu no campeonato. Uma vitória fora de casa é importante para o clube permanecer, não só na zona de classificação, mas na briga pelo título.

Veja também:

Ceni tem o 2º pior aproveitamento do Fla nos últimos 10 anos
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade