PUBLICIDADE
Logo do

Fluminense

Favoritar Time

Vai rodar? Com chegada de reforços, veja quais titulares podem perder espaço no Fluminense

Mudanças podem acontecer desde a meta, com a contratação de Fábio, até o ataque, com a chegada de Willian Bigode, Cano e Nathan

22 jan 2022 08h24
ver comentários
Publicidade

A temporada do Fluminense está cercada de expectativas. Além da chegada dos oito reforços para 2022, a torcida está ansiosa para entender como o técnico Abel Braga irá dispor o time e quem será utilizado. Com peças novas no elenco, alguns titulares de 2021 já perderam espaço, enquanto outros podem ir para o banco de reservas. Um dos fatores que vai influenciar é o esquema tático escolhido.

Fluminense contratou oito reforços para a temporada 2022 (Arte LANCE!)
Fluminense contratou oito reforços para a temporada 2022 (Arte LANCE!)
Foto: Lance!

As mudanças podem começar a partir da meta do Flu. Com a contratação de Fábio, a disputa pelas luvas reaqueceu, uma vez que o goleiro entrará na disputa com Marcos Felipe e Muriel. Na lateral-esquerda, Cris Silva deve assumir. Como um alto investimento que o clube fez na contratação, o jogador vem sendo testado assim nos jogos-treino até o momento. Marlon, o antigo titular, e Danilo Barcelos perdem espaço.

Ainda não é assinante do Cariocão-2022? Acesse www.cariocaoplay.com.br, preencha o cadastro e ganhe 5% de desconto com o cupom especial do LANCE!: GE-JK-FF-ZSW

Entre os zagueiros, a disposição dos titulares depende de qual será o esquema tático adotado por Abel Braga. Se jogar com dois defensores, David Braz pode perder a vaga para David Duarte ou até mesmo para Felipe Melo, que também atua no setor. Vale lembrar que Luccas Claro era o titular até pouco tempo e Manoel corria por fora. Se usar três jogadores, Braz tem mais chances de permanecer na equipe principal. Nino, por sua vez, vinha agradando e não deve ter a titularidade ameaçada no momento.

Há dois anos o Flu não tem sofrido com a zaga e encontrou titulares e reservas que conseguem manter um nível parecido. Com a adição de Felipe Melo, a disputa pode seguir em bom nível. Matheus Ferraz segue no elenco e o jovem Luan Freitas acabou sofrendo grave lesão.

No meio, Abel também tem opções. Entre os volantes, André, eleito a revelação do Campeonato Brasileiro, precisará se garantir novamente no time. É o mesmo caso de Martinelli, que já tinha perdido a vaga no fim do ano, e Yago Felipe, o motor da equipe que precisará se encaixar no sistema. O último, inclusive, deve ganhar ainda mais o papel de se aproximar dos atacantes e chutar ao gol. Ele precisará se encaixar com Nathan, principal homem de ligação entre meio e ataque.

Felipe Melo é a ameaça desses meio-campistas, já que pode ser primeiro ou segundo volante. Vale lembrar que Wellington segue no elenco e Jhon Arias também pode atuar construindo o jogo. Gabriel Teixeira, que não deve ficar à disposição para a estreia, era meia na base e já chegou a ser testado por ali. Além disso, há, claro Paulo Henrique Ganso na briga para voltar a ser usado.

O setor ofensivo também promete mudanças. Com a contratação de Willian Bigode, Caio Paulista pode perder espaço no esquema com três atacantes, uma vez que Luiz Henrique se destacou na última temporada e joga nas duas pontas. Nem o próprio jovem está com a posição assegurada caso Abel opte por um 3-5-2, por exemplo. Jhon Arias e Gabriel Teixeira devem permanecer sendo opções no banco.

Contudo, se Abel Braga utilizar dois atacantes, Willian ou Cano podem se juntar a Fred. Embora seja titular quase incontestável, o camisa 9 é frequentemente substituído e precisará ser poupado ao longo da temporada. Na disputa, entram Cano, Willian, John Kennedy e até mesmo Nathan, que também joga como centroavante.

Apesar das mudanças que irão acontecer, o calendário apertado que o Fluminense irá enfrentar exige a participação do elenco como um todo. A disputa da Libertadores desde a fase inicial pode fazer com que o time tenha ainda mais jogos que em 2021, fazendo com que o rodízio seja inevitável. Ainda que o desafio seja grande pela questão física, o Tricolor inicia a temporada com alternativas para diversos tipos de competições e adversários.

O Fluminense dá o pontapé inicial na temporada na próxima quinta-feira, dia 27, quando terá o Bangu pela frente na estreia do Campeonato Carioca, às 21h, no Luso-Brasileiro.

Lance!
Publicidade
Publicidade