PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Favoritar Time

Gustavo Henrique é diagnosticado com Covid-19, e Flamengo deve seguir com dupla invicta na zaga

Zagueiro foi infectado pelo coronavírus pela segunda vez e, consequentemente, está fora do jogo desta quarta-feira, contra o Olimpia, pela Libertadores

16 ago 2021 14h42
| atualizado às 15h42
ver comentários
Publicidade
Titular com Renato Gaúcho, Gustavo Henrique soma 20 jogos na temporada (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Titular com Renato Gaúcho, Gustavo Henrique soma 20 jogos na temporada (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Foto: Lance!

O Flamengo se deparou com mais um caso de Covid-19 no elenco. Nesta segunda-feira, na reapresentação do elenco, no Ninho do Urubu, Gustavo Henrique foi diagnosticado com o novo coronavírus. É um novo episódio de reinfecção no clube, pois o zagueiro já havia testado positivo no surto em setembro de 2020, após o jogo pela Libertadores no Equador.

Por falar no torneio, Gustavo Henrique, que terá que cumprir dez dias de quarentena, está consequentemente fora do duelo contra o Olimpia, a ser realizado nesta quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), pela volta das quartas de final da Libertadores.

No último jogo, diante do Sport, pelo Brasileiro, cabe lembrar, Gustavo Henrique já havia sido desfalque por estar com "sinais de virose", de acordo com o clube. Agora, a Covid-19 foi constatada.

Portanto, como Renato Gaúcho também não poderá contar com Rodrigo Caio, ainda em processo de reequilíbrio muscular, o Flamengo deve seguir com a zaga composta por Bruno Viana e Léo Pereira, invicta quando inicia como titular.

Bruno Viana e Léo Pereira seguirão como titulares (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)
Bruno Viana e Léo Pereira seguirão como titulares (Foto: Marcelo Cortes / Flamengo)
Foto: Lance!

Em seis jogos, com Bruno Viana e Léo Pereira no miolo da zaga, foram cinco vitórias (duas diante do ABC, pela Copa do Brasil, uma sobre o Sport, pelo Brasileiro, e outras duas no Carioca, contra Resende e Botafogo) e um empate (com o Boavista, no Estadual). O aproveitamento é de 89%.

AMPLA VANTAGEM DO FLA

Com o 4-1 em Assunção, o Flamengo traz para a partida de volta uma vantagem expressiva. O duelo será na próxima quarta-feira, em Brasília, e o Rubro-Negro pode perder até por 3 a 0 ou por dois gols de diferença (4 a 2, 5 a 3 e assim por diante) que avançará para as semifinais da Copa Libertadores.

Em tempo: Flamengo e Olimpia voltam a duelar às 19h15 (de Brasília) desta quarta-feira, no Estádio Mané Garrincha, que poderá receber 30% do público quanto à sua capacidade total (saiba mais aqui).

Lance!
Publicidade
Publicidade