1 evento ao vivo

Coritiba vira para cima do São Bento e reage na Série B

16 jul 2019
21h29
atualizado às 21h29
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Coxa saiu atrás no placar e passou sufoco para virar (Divulgação/CFC)

No sufoco, de virada, o Coritiba voltou bateu o São Bento por 2 a 1, no Couto Pereira, e voltou a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a equipe coxa-branca chegou aos 15 pontos, assumindo a nona colocação e voltando a sonhar com G4. Já o Bentão está com a luz amarela acesa, com oito pontos, na 17ª coloação, na zona de rebaixamento.

A equipe paulista surpreendeu e aos 11 minutos da primeira etapa, abriu o placar com um chute forte de Doriva. Depois do intervalo, Zé Roberto, contra, após cabeçada de Rodrigão, deixou tudo igual, aos 16 minutos. Aos 38 minutos, Rafinha decretou a virada com um belo chute.

Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta o Vila Nova, terça-feira, no Estádio Couto Pereira. Já o São Bento encara o Operário, no mesmo dia, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba.

O jogo - O time da casa, aproveitando o apoio do torcedor, começou a partida tentando pressionar. Logo no primeiro minuto, Rodrigão recebeu na área, girou o corpo e foi travado pela defesa. A marcação do time paulista era forte, com uma marcação adiantada para a impedir as descidas do Coxa. Cruzamento na medida para Rodrigão aos oito minutos, e o atacante alviverde emendou de primeira, pela linha de fundo.

O Bentão por sua vez, chegou pela primeira vez aos 11 minutos, e foi fatal. A defesa coxa-branca errou no momento de afastar a bola de sua área e entregou nos pés de Doriva, que soltou o pé para abrir o placar. O Coritiba quase respondeu, aos 16 minutos, com William Matheus entrando na área e tocando na saída do goleiro, para fora com muito perigo. Mais um vacilo da defesa alviverde, aos 20 minutos, com Mattioni entregando nos pés de Minho que bateu de longe para defesa de Wilson.

O preciosismo também atrapalhava o time da casa. Aos 22 minutos, Rafinha lançou para Thiago Lopes, que tentou de letra, para fora. O Coxa tocava bola, mas não conseguia encaixar o último passe. Aos 35 minutos, Sabino cobrou falta na entrada da área e carimbou a barreira. O nervosismo era evidente no elenco coxa-branca, com muitos erros. Aos 47 minutos, Fabrício Oya cobrou falta fechada e a defesa paranaense afastou.

Para a segunda etapa, o Coritiba voltou sem o goleiro Wilson, lesionado, para a entrada de Alex Muralha. Quem voltou a levar perigo foi o São Bento, aos cinco minutos, com Zé Roberto acertando um belo chute para defesa de Muralha. O troco veio aos nove minutos, com Luiz Henrique, que recebeu de Rafinha e bateu para fora, com desvio. O jogo ficou mais movimentado e, aos 10 minutos, Muralha trombou com Minho e a bola sobrou para Oya que carimbou a defesa.

O Alviverde pressionava, até que, aos 16 minutos, Rodrigão, sempre ele, apareceu na área para cabecear. A bola ainda bateu em Henal e Zé Roberto antes de entrar. Os treinadores modificaram os dois times, dando outra dinâmica para a reta final da partida. Aos 28 minutos, cobrança de escanteio e Cafu desviou direto pela linha de fundo.Até que, aos 38 minutos, Rodrigão serviu Rafinha, que chutou bonito para mandar para o fundo da rede e decretar a virada. Fechado, o Coritiba segurou o resultado até o final, reagindo na Série B.

CORITIBA 2 X 1 SÃO BENTO

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Data: 16 de Julho de 2019, terça-feira

Horário: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira (RJ) e Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ)

Cartões amarelos : Thiago Lopes, Walisson Maia, Giovanni e Rafinha (Coritiba); Wesley, Minho, Vinícius Kiss, Paulinho Bóia e Pablo (São Bento)

Gols

CORITIBA: Zé Roberto (contra), aos 16 minutos e Rafinha, aos 38 minutos do segundo tempo

SÃO BENTO: Doriva, aos 11 minutos do primeiro tempo

CORITIBA: Wilson; Felipe Mattioni (Giovanni), Walisson Maia, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Luiz Henrique, Thiago Lopes (Igor Paixão), Rafinha e Robson; Rodrigão.

Técnico: Umberto Louzer

SÃO BENTO: Henal; Pablo, Guilherme Mattis, Wesley e Guilherme Romão; Doriva e Fabrício Oya (Paulo Vinícius); Cafu, Vinícius Kiss e Minho (Paulinho Bóia); Zé Roberto (Rafael Silva)

Técnico: Doriva

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade