PUBLICIDADE
Logo do Corinthians

Corinthians

Favoritar Time

Presidente do Corinthians admite dívida milionária com Rojas e espera desfecho na segunda

Rojas não marcou gols durante sua passagem pelo Timão

3 mar 2024 - 09h33
Compartilhar
Exibir comentários

Augusto Melo, presidente do Corinthians, agendou uma reunião na segunda-feira (4) com os advogados e empresários de Matías Rojas para resolver a situação do paraguaio. O camisa 10 não atua mais pelo Timão.

Foto: Lance!

Segundo o mandatário do Corinthians, o clube deve mais de R$ 8 milhões a Rojas apenas em direitos de imagem, mas reiterou que a CLT está sendo paga em dia.

- O mais pesado é a imagem. Acumulou muito, desde que chegou aqui não recebeu nada. CLT está em dia. Complicado o montante que deixaram chegar. R$8 milhões? daí para mais. Falei com o jogador, ele está com um problema de família, quer ficar lá para resolver - disse Augusto após a vitória sobre o Santo André.

A dívida foi o motivo de irritação de Matías Rojas, que viu o Corinthians atrasar o pagamento da parcela de fevereiro, em acordo feito com a atual gestão, e faltou aos últimos treinos da equipe.

- Existia um contrato com ele, feito na gestão passada. Não foi pago nada do que foi combinado no passado, mas estamos aqui para resolver. Existia uma clasula no cotnrato dele que ele poderia abandonar a qualquer hora. Conversei com ele, empresários e advogados dele. Segunda-feira temos uma reunião para resolver o problema - comentou Augusto.

Rojas chegou ao Corinthians em julho do ano passado. Como o jogador estava livre no mercado após expirar o contrato com o Racing, da Argentina, o Timão arcou com 1,8 milhão de dólares entre luvas, comissão e salários do atleta. O paraguaio sofreu com lesões e não se firmou na equipe, tendo disputado 30 partidas, com três assistências e nenhum gol.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade