PUBLICIDADE
Logo do Corinthians

Corinthians

Favoritar Time

Entenda se saída de Cássio influenciou na decisão de Paulinho em deixar o Corinthians

Volante se despediu da torcida na vitória sobre o Nacional, do Paraguai, pela fase de grupos da Copa Sul-Americana

30 mai 2024 - 08h11
Compartilhar
Exibir comentários

Assim como Cássio, Paulinho é outro líder a deixar o Corinthians nesta temporada. De forma emotiva e ao lado da família, o jogador se despediu do clube em coletiva realizada na quarta-feira (29), no CT Joaquim Grava. O volante não chegou a um acordo para estender seu contrato, que se termina no fim de junho, e encerrou sua segunda passagem pela equipe do Parque São Jorge.

Foto: Lance!

Seguindo os passos do camisa 12, que acertou sua ida ao Cruzeiro há pouco mais de uma semana, Paulinho antecipou sua saída do clube, pois ainda possuía vínculo com o Corinthians. No entanto, a decisão do atleta em deixar o Timão não foi influenciada pela saída do goleiro.

Após conversas com a diretoria, lideradas por Fabinho Soldado, executivo de futebol, o jogador entendeu que seu ciclo no clube paulista havia acabado. A intenção dele era renovar seu vínculo pelo restante da temporada, mas o alto salário, aliado aos planos da instituição no mercado, travaram o negócio.

A vitória por 3 a 0 diante do Nacional-PAR, na Neo Química Arena, pela fase de grupos da Copa Sul-Americana, marcou a despedida do jogador, que realizou mais de 200 partidas com a camisa corintiana. Durante sua passagem, Paulinho conquistou quatro títulos: Campeonato Brasileiro (2011), Libertadores (2012), Mundial de Clubes (2012) e Campeonato Paulista (2013).

Mesmo aos 35 anos, o volante não planeja deixar o futebol. Apesar de não possuir acerto com um novo clube, ele recebeu sondagens do futebol asiático. Além disso, Paulinho não completou sete partidas pelo Campeonato Brasileiro e pode reforçar algumas equipe da Série A pelo restante da temporada.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade