0

Crítico, Mauro Silva admite não saber o que fará na Seleção

24 jul 2014
07h54
atualizado às 08h09
  • separator
  • comentários

O ex-volante Mauro Silva, campeão mundial pela Seleção Brasileira em 1994, foi indicado pela nova comissão técnica da CBF para ocupar o cargo de “assistente técnico pontual” nos amistosos que a equipe irá realizar em setembro, contra Colômbia (dia 5) e Equador (dia 9). No entanto, o próprio Mauro Silva admitiu não saber exatamente qual será sua função.

Ex-camisa 5 será "auxiliar técnico pontual" da Seleção Brasileira em dois amistosos marcados para setembro
Ex-camisa 5 será "auxiliar técnico pontual" da Seleção Brasileira em dois amistosos marcados para setembro
Foto: Murillo Medina / LatinContent / Getty Images

Em declaração ao jornal Folha de S. Paulo, o ex-camisa 5 disse ter aceitado o convite feito pelos amigos Dunga e Gilmar Rinaldi. “Ainda não sei os detalhes. E não conversei com o Dunga sobre o que posso ou não falar”, disse à publicação.

Ao jornal O Estado de S. Paulo, o tom adotado foi o mesmo. “Recebi o telefonema do Dunga e do Gilmar Rinaldi e aceitei na hora, mas ainda não sentamos para conversar sobre os detalhes da minha contribuição. Não tenho muito conteúdo sobre a função, e, por isso, prefiro não comentar muito”, explicou.

Em levantamento, a Folha de S. Paulo lembrou a posição crítica de Mauro Silva à CBF nos últimos anos. Como jogador, chegou a questionar a parceria da CBF com a cervejaria AmBev, além de ter recusado a convocação para a Copa América de 2001. Aposentado, disse à ESPN Brasil em 2013 que a CBF “é um brinquedo de meia dúzia”.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade