PUBLICIDADE
Logo do Botafogo

Botafogo

Favoritar Time

Leila volta a atacar Textor: 'Tinha que ser banido do futebol brasileiro'

Presidente do Palmeiras acredita que sócio majoritário do Botafogo não tem direito de atuar no país. Leia mais sobre a treta!

22 abr 2024 - 14h13
Compartilhar
Exibir comentários
Fotos: Cesar Greco/Palmeiras /Vítor Silva/Botafogo - Legenda: Leila não abaixa as armas e segue no ataque contra Textor
Fotos: Cesar Greco/Palmeiras /Vítor Silva/Botafogo - Legenda: Leila não abaixa as armas e segue no ataque contra Textor
Foto: Jogada10

A presidente do Palmeiras, Leila Pereira, não arrefeceu sua artilharia contra o sócio majoritário da SAF do Botafogo, John Textor. Na verdade, em entrevista ao site "ge", a magnata da Crefisa só reforçou o seu desprezo pela figura do norte-americano.

"Ele tinha que ser banido do futebol brasileiro, porque ele não pode desrespeitar as autoridades e os clubes sem prova absolutamente nenhuma. Então, espero uma punição exemplar", bradou Leila Pereira.

Textor garante ter provas de manipulação de resultados no futebol brasileiro, como gravações de árbitros, e já mencionou o Palmeiras como um dos beneficiados em um esquema de fraude. O dirigente alvinegro está entregando os documentos às autoridades competentes. A ação, no entanto, não convence Leila.

"Esse senhor tem falado do Palmeiras desde que nós conquistamos o título brasileiro. Entramos com o processo na esfera civil e pedimos a instauração de inquérito policial para apurar as denúncias. Ele diz que tem provas, mas não apresenta provas absolutamente nenhuma e coloca em xeque o Campeonato Brasileiro. Agora, as autoridades brasileiras precisam tomar um posicionamento muito firme. O que o senhor está dizendo é que o Brasil não é um país sério, não é?", indagou.

Enquanto Leila Pereira esbraveja, nesta segunda-feira (22), o proprietário da SAF alvinegra presta depoimento na CPI de Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas, no Senado Federal. O mandachuva aceitou o convite do presidente da comissão Jorge Kajuru (PSB-GO) e do relator Romário (PL-RJ).

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade