PUBLICIDADE
Logo do Botafogo

Botafogo

Favoritar Time

Análise: Botafogo lava a alma contra o Juventude e embala sob o comando de Artur Jorge

Com um ataque imponente, o Botafogo venceu mais uma sob o comando de Artur Jorge e embala de olho na Libertadores.

22 abr 2024 - 08h07
(atualizado às 08h07)
Compartilhar
Exibir comentários
O Botafogo goleou o Juventude no Nilton Santos
O Botafogo goleou o Juventude no Nilton Santos
Foto: Vitor Silva/Botafogo / Esporte News Mundo

Com um ataque avassalador, o Botafogo goleou o Juventude e mostrou as credenciais do técnico Artur Jorge, conhecido no futebol português por conta do poderoso setor ofensivo. Após três derrotas seguidas, o Glorioso engatou uma sequência de duas vitórias e chega com moral para enfrentar o Universitario na próxima quarta-feira (24), pela Libertadores.

A partida ficou mais tranquila após a expulsão adversária, mas o Botafogo já estava vencendo por 2×0 quando o juiz mostrou cartão vermelho para Lucas Freitas. Depois de alguns problemas de sintonia nos primeiros jogos, o esquema com quatro atacantes está cada vez mais consolidado. Com exceção de Jeffinho, todos no ataque titular foram importantes.

Mais uma vez, Júnior Santos foi o grande destaque, com um gol e uma assistência. Além disso, Tiquinho Soares e Savarino também balançaram as redes. Com a partida ruim de Jeffinho, Diego Hernandez entrou no intervalo e foi outro que participou de gol, dando a assistência para o gol de Jacob Montes.

Além de dar confiança para a equipe, a goleada também serviu para lavar a alma do Botafogo contra uma pedra no sapato histórica. Afinal, a equipe não vencia o Juventude há 17 anos, fora a emblemática final da Copa do Brasil de 1999. Supersticioso, o torcedor alvinegro enxerga o resultado como o "fim de uma maldição" e esperança de dias melhores.

O Botafogo subiu para a terceira posição no Campeonato Brasileiro, e também tem o melhor ataque do torneio até aqui. Agora, a equipe precisa reagir na Libertadores e vencer o Universitario para não se complicar por uma vaga no mata-mata. Com duas derrotas em dois jogos, vencer em casa é essencial para os comandados de Artur Jorge.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade