PUBLICIDADE

Chicago Bulls

A equipe do Chicago Bulls entrou na NBA na temporada de 1966/67, como o terceiro time criado na cidade, depois do Packers-Zephyrs (hoje Washington Wizards) e os Stags (1946-1950). O nome veio da tentativa do fundador Dick Klein de homenagear a indústria de carne de Chicago. Logo no primeiro ano, a equipe vermelha conseguiu chegar aos playoffs. Porém, nos anos seguintes não obteve o desempenho da primeira temporada, conseguindo apenas um título de conferência em 1975, sem chegar às finais.

A história dos Bulls começaria a mudar a partir do draft de 1984, quando a equipe teve a terceira escolha e optou por Michael Jordan, depois do Houston Rockets pegar Hakeem Olajuown e o Portland Trail Blazers escolher Sam Bowie, que acabari tendo papel coadjuvante na NBA. Com Jordan como protagonista, o time do Chicago se tornou o grande time da década de 90.

Ao todo foram seis títulos da NBA com o camisa 23 em quadra e sob o comando de Phil Jackson (1991/92/93 e 1996/97/98). Após a aposentadoria de Jordan, os Bulls não conseguiram repetir as campanhas gloriosas dos anos anteriores se tornando um time coadjuvante na NBA. O status de um dos principais times da liga voltaria com a primeira escolha do draft de 2008: o armador Derrick Rose. Porém, apesar dos títulos de Conferência de 2011 e 2012, o time não conseguiu chegar às finais da liga, principalmente por conta das lesões frequentes do armador.

Para a temporada 2013/14, os Bulls mantiveram a base da equipe do último ano, com Joakim Noah, Carlos Boozer e Luol Deng como alguns dos destaques. O grande reforço acaba sendo a volta de Derrick Rose, que está bem fisicamente após passara temporada passada sem jogar na equipe de Chicago, por conta de uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo.

Compartilhar
Publicidade