0

Hamilton considera 'egoísta' não respeitar as orientações sanitárias

Hexacampeão mundial de Fórmula 1 afirma que 'quem vai para bartes e grandes aglomerações' é irresponsável e egoísta'

23 mar 2020
13h38
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O inglês Lewis Hamilton, hexacampeão mundial de Fórmula 1, definiu como "irresponsáveis e egoístas" os comportamentos sociais que não respeitam as orientações sanitárias diante da pandemia do novo coronavírus, denominado Covid-19.

Em uma mensagem nas suas redes sociais, o piloto da Mercedes compartilhou a sua "tristeza" pelo número de mortes no mundo. "Não há nada que possamos fazer. Somente ficarmos em isolamento para evitar a propagação do vírus", afirmou Hamilton, em post no seu Instagram. "Mesmo assim tem gente que sai e vai aos bares, clubes e a grandes aglomerações, o que considero irresponsável e egoísta".

Aos 35 anos, Lewis Hamilton foi um dos poucos pilotos da principal categoria do automobilismo a criticar a realização do GP da Austrália, que estava marcado para o último dia 15, em Melbourne. A prova depois acabou cancelada pela organização da Fórmula 1.

O piloto está em "quarentena" voluntária há 17 dias depois de ter se encontrado com o ator Idris Elba, que teve a esposa contaminada, e com Sophie Gregoire-Trudeau, mulher do primeiro-ministro do Canadá, que também deram positivo para o coronavírus. Lewis Hamilton diz não ter nenhum sintoma da doença.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade