PUBLICIDADE

Com direito a rodada antes da largada, Ferrari sem sal em Interlagos

Ferrari sai de Interlagos com gosto amargo: Leclerc roda na volta de apresentação e Sainz é um discreto 6º lugar.

5 nov 2023 - 17h58
(atualizado às 18h13)
Compartilhar
Exibir comentários
Carlos Sainz e sua SF-23: uma corrida discreta
Carlos Sainz e sua SF-23: uma corrida discreta
Foto: Scuderia Ferrari

Tem coisas que só acontecem com a Ferrari. Esta frase tão usada para o Botafogo pode ser aplicada à equipe italiana. Embora não tivesse tantas esperanças de uma boa prova dada o comportamento temperamental do SF-23, havia uma esperança no ar. Afinal de contas Charles Leclerc conseguiu chegar na primeira fila, para largar ao lado de Max Verstappen.

Nestas últimas provas, a Ferrari optou por um acerto mais voltado para velocidade, já que a gestão de pneus ainda é um problema sério, mesmo com os avanços feitos na segunda parte da temporada. Temos visto Sainz e Leclerc conseguindo fazer bons treinos, mas sofrendo na corrida.

Quando os carros sairam para a volta de aquecimento, o que se esperava era uma tentativa de Leclerc chegar ao S do Senna na frente. Porém, o que se viu foi a Ferrari #16 perdendo o controle no Laranjinha e indo parar na barreira de pneus. O bico ficou destruido e o carro não andava mais. Desolado, Leclerc repetia mais uma vez "Por que eu sou tão azarado?".

O lamento de Charles Leclerc ao perder o controle no Laranjinha. Oficialmente, foi uma falha de sistema.
O lamento de Charles Leclerc ao perder o controle no Laranjinha. Oficialmente, foi uma falha de sistema.
Foto:

Por conta da mudança das regras, mesmo com a bandeira vermelha Leclerc não poderia retomar a prova. Deste jeito, Carlos Sainz seria o unico representante da Ferrari a participar do GP de São Paulo.

Na primeira parte da prova, Sainz fez parte do grupo comandado por Lewis Hamilton, que já mostrava o desempenho ruim do W14. Mesmo ligeiramente mais rápido do que Stroll, o espanhol não conseguia ganhar espaço. Com a primeira rodada de paradas, Sainz foi um dos ultimos a parar e chegou a subir para a 3ª posição.

Sainz voltou em 9º, mas logo superou Ocon e deixou as Mercedes para trás, que mostraram um desempenho terrível com os médios. O espanhol ainda tentou chegar em Stroll, mas tinha que administrar seus pneus. Assim, resolveu guardar posição atrás da Aston Martin e conduzir a estratégia de mais uma parada.

A Ferrari #55 foi chamada para os boxes na volta 52, calçando pneus macios e se garantindo na 6ª posição, uma acima de onde tinha saído. Em relação a Leclerc, a equipe informou que um problema eletrônico levou a uma falha hidráulica do carro, deixando o monegasco poder fazer nada.

Agora, a Ferrari junta os cacos da rodada tripla e se prepara para o fim da temporada. Ainda restam duas etapas e temos que lembrar: tem coisa que só acontece com a Ferrari

Parabólica
Compartilhar
Publicidade
Publicidade