PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Debaixo de chuva, Shanghai retorna à Fórmula 1 com surpresas e incêndios

GP da China após ficar afastado por causa da pandemia da Covid-19

19 abr 2024 - 14h01
(atualizado às 14h12)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Esporte News Mundo

Nesta madrugada de sexta-feira (19), a Fórmula 1 de forma oficial retornou ao Circuito de Shanghai, para o Grande Prêmio da China, afastado das atividades oficiais do mundo do automobilismo desde o final de 2019 quando a pandemia do COVID-19 afetou o planeta, mas principalmente, a China. O retorno promete mais disputas e a primeira impressão trouxe surpresas no grid.

O primeiro treino livre, que por conta da formatação que o fim de semana terá de acordo com o agendamento, foi a única sessão de treinos para que as equipes treinassem de fato. Surpreendentemente, o carro mais rápido da sessão foi Lance Stroll, da Aston Martin, que com aparente recapeamento no asfalto do circuito, fez o tempo de 1min36seg302 seguido de Oscar Piastri, da McLaren com 1min36seg629. Max Verstappen ficou com o terceiro melhor tempo do TL1 com 1min36seg660 à frente de seu companheiro de equipe, Sérgio Pérez, com 1min36seg690.

Foto: Esporte News Mundo

Foto: Divulgação/Aston Martin

Siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

O Grande Prêmio da China também marca a primeira etapa sprint da temporada de 2024 e portanto, na sequência foi realizada a classificação para definir o grid de largada para a corrida sprint que acontece na madrugada deste sábado (20) à 0h (horário de Brasília). O piloto que largará da primeira colocação na corrida sprint é Lando Norris, da McLaren, que fez um tempo na última sessão classificatória de 1min57seg940, pois a partir da terceira e decisiva sessão classificatória a chuva deu as caras e o tempo das voltas ficou mais longo no final da sessão. Lewis Hamilton surpreendeu e colocou a Mercedes na primeira fila com o tempo de 1min59seg201. Verstappen cometeu alguns erros na sessão e ficou com o quarto melhor tempo tendo completado a sua melhor volta com o tempo de 2min00seg028 ficando atrás inclusive de Fernando Alonso, da Aston Martin, que completou o top 3 da classificação para a corrida sprint com o tempo de 1min59seg915. O piloto da casa, Zhou Guanyu correndo pela Kick Sauber, virou em 2min03seg537 e larga da décima colocação.

Foto: Esporte News Mundo

Foto: Divulgação/Fórmula 1

Durante as primeiras etapas na madrugada desta sexta-feira (19), próximo às curvas cinco e sete houve dois incêndios na grama, provocando bandeira vermelha e alguns atrasos do desenrolar do fim de semana. Segundo as primeiras análises, a causa dos incêndios poderiam ter sido causados pelas faíscas que saíam dos carros ao passar pelo setor em alta velocidade. Mesmo com a chuva, os incêndios custaram a serem contidos o que chamou a atenção pela dimensão do fogo.

As principais teorias passeiam entre uma possível infiltração de gás metano por conta da base pantanosa onde se encontra o autódromo, até a utilização de produtos químicos utilizados na grama. De qualquer forma, as investigações oficiais ainda não produziram provas concretas e conclusivas e a FIA planeja, durante o fim de semana ainda, fazer exames mais aprofundados para entender a origem dos incêndios para que não voltem a perturbar a etapa chinesa de F1.

Ainda na madrugada deste sábado (20) acontece a corrida sprint, primeira de 2024, a partir de meia-noite com transmissão da BandSports e grupo Bandeirantes, em seguir ainda na mesma madrugada de sábado (20) às 4h será realizada a classificação para a corrida de domingo. E na madrugada de domingo (21) às 4h com transmissão do grupo Bandeirantes será iniciada a quinta etapa do campeonato mundial de Fórmula 1, o retorno do Grande Prêmio da China, no circuito de Shanghai com suas 56 voltas a serem completadas.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade