PUBLICIDADE
Logo do Atlético-MG

Atlético-MG

Favoritar Time

Conselho do Atlético aprova novo aporte de R$ 200 milhões e associação mantém porcentagem

De acordo com Presidente da Associação do Atlético, Sérgio Coelho, novo dinheiro será utilizado para pagar dívidas mais urgentes

27 fev 2024 - 10h31
(atualizado às 16h24)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Bruno Cantini/Atlético - Legenda: Conselho aprovou a entrada de novo aporte no Atlético / Jogada10

Os conselheiros do Atlético reuniram-se para votação, na noite desta segunda-feira (26), e decidiram, de forma unânime, a entrada de novo aporte de R$ 200 milhões na Sociedade Anônima do Futebol (SAF). A votação ocorreu na sede do clube, no bairro Lourdes, região centro-sul de Belo Horizonte.

O investimento será feito pelo FIP Galo Forte, composto por Daniel Vorcaro, ligado ao Banco Master. O fundo já tinha 8,2 % dentro da Galo Holding - empresa que comprou a SAF. Aliás, esse mesmo investidor já tinha R$ 100 milhões dentro do clube.

Com a chegada de R$ 200 milhões, as outras partes da Galo Holding terão seus percentuais reduzidos. Vale ressaltar que a associação seguirá com 25% que já tinha.

Na nova composição da Galo Holding, portanto, os empresários Rubens Menin e Rafael Menin (pai e filho), proprietários da MRV Engenharia, entre outras empresas, terão 41,8%, redução de 9,1 ponto percentual em relação ao antigo cenário. Ricardo Guimarães, do Banco BMG, terá 6,3%, redução de 1,4 ponto percentual. O FIGA (fundo de investimento) terá 0,4%, redução de 0,1 ponto, e o FIGA (fundo de investimento) com 6,3%, redução de 1,4 ponto.

Atlético vai pagar dívidas

O Presidente da Associação, Sérgio Coelho, aliás, ressaltou que o novo dinheiro que vai entrar no clube será para pagar dívidas deixadas pela associação e assumidas pela Galo Holding.

"Certamente a maior parte vai ser para liquidar dívidas que nós temos, herdamos essas dívidas, parte desse dinheiro vai ser para pagar a dívida, com certeza", disse Sérgio Coelho.

No entanto, o mandatário atleticano ressaltou que o clube seguirá no mercado com contratações pontuais e em busca de jovens com futuro promissor.

"Independente desse aporte de capital ou não, a gente tem estudado, analisado o mercado, e todas aquelas boas oportunidades a gente aproveitou. Algumas que a gente queria fazer, não fizemos por uma razão. Ocorrência de pagar mais caro, mas independente desse aporte, nós estamos muito atentos, e sempre que puder vamos reforçar o time", concluiu.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

 
Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade