0

Atlético-MG se pronuncia após mascote assediar jogadora

17 fev 2020
12h32
atualizado às 13h54
  • separator
  • 0
  • comentários

Nesta segunda-feira, 17, o Atlético-MG se pronunciou sobre o episódio de assédio do mascote na apresentação do elenco feminino, que aconteceu no domingo, 16. O Galo lamentou o comportamento do funcionário e garantiu que o profissional foi "sumariamente afastado".

Mascote do Galo assedia jogadora antes de partida e torcedores opinam
Mascote do Galo assedia jogadora antes de partida e torcedores opinam
Foto: Reprodução

Antes da partida contra a Caldense, no Mineirão, o Atlético-MG apresentou o elenco feminino ao lado de Diego Tardelli, novo reforço do time mineiro. Em um determinado momento, o mascote pegou na mão da zagueira Vitória Calhau, e pediu que a atleta desse uma "voltinha". Logo em seguida, o mascote esfregou as mãos e levou-as à boca.

O comportamento do funcionário foi classificado como assédio e causou revolta nas redes sociais.  Entre os inúmeros comentários negativos sobre o caso, estava o de Lorraynne Macedo, jogadora do Flamengo e namorada de Vitória. A atleta do Rubro-Negro escreveu em seu Twitter que sentiu "nojo" da atitude do mascote.

Confira a nota na íntegra do Atlético-MG:

"Sobre o episódio ocorrido na tarde de ontem, envolvendo a atleta Vitória Calhau, o Atlético lamenta e repudia o comportamento do funcionário, que foi sumariamente afastado.

Pedimos desculpas à atleta, às demais jogadoras e a todas as torcedoras e torcedores pelo lamentável ato".

Depois da polêmica, o Atlético-MG entrou em campo para enfrentar a Caldense e foi derrotado por 2 a 1. Até o momento, o Galo é o terceiro colocado do Campeonato Mineiro, com 11 pontos somados, atrás da Caldense e da Tombense. Na próxima quinta-feira, 20, os comandados de Rafael Dudamel voltam a jogar contra o Unión Santa Fé, no Independência. Na partida de ida, o Galo foi derrotado por 3 a 0.

Veja também:

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade