PUBLICIDADE

Wall St tem vaivém após alta com impulso da IA e alívio sobre inflação

1 mar 2024 - 11h52
(atualizado às 12h22)
Compartilhar
Exibir comentários

Os principais índices de Wall Street tinham dificuldades para se orientar nesta sexta-feira, com os investidores dando uma pausa após a alta da sessão anterior, impulsionada por uma leitura de inflação que fortaleceu apostas em cortes de juros até junho e uma persistente euforia com a inteligência artificial.

Bolsa de Nova York
29/12/2023
REUTERS/Eduardo Munoz
Bolsa de Nova York 29/12/2023 REUTERS/Eduardo Munoz
Foto: Reuters

O Nasdaq, que é um índice com forte peso de ações de tecnologia, fechou em máxima recorde na quinta-feira, impulsionado por ganhos em ações ligadas à IA, como Nvidia, uma das maiores empresas de chips, e sua rival Advanced Micro Devices, que atingiu um pico histórico.

As ações da Nvidia, a principal impulsionadora da recuperação liderada pela IA em Wall Street este ano, subiam 1,4%, enquanto as da Advanced Micro Devices ganhavam 3,1% após um aumento de 9% na sessão anterior.

A recuperação de Wall Street encontrou mais apoio depois que o relatório do índice de despesas de consumo pessoal (PCE, na sigla em inglês) ficou em linha com as expectativas na quinta-feira e mostrou que o crescimento anual da inflação foi o menor em três anos.

O setor de energia do S&P 500 era o que apresentava o melhor desempenho setorial, com um aumento de 1,1%, em linha com aumento dos preços do petróleo. [O/R]

"Agora que passamos pelo PCE, os investidores estão dispostos a ficar um pouco de lado hoje", disse Paul Nolte, consultor sênior de patrimônio e estrategista de mercado da Murphy & Sylvest.

Nolte disse que os investidores agora estão aguardando os comentários do chair do Federal Reserve, Jerome Powell, e dados de emprego, que serão divulgados na próxima semana, para obter mais pistas sobre a trajetória da política monetária.

Enquanto isso, o presidente do Fed de Richmond, Thomas Barkin, disse que ainda existem pressões para o aumento dos preços e que é muito cedo para prever quando o Fed poderá começar a reduzir as taxas.

O Dow Jones Industrial Average caía23,25 pontos, ou 0,06%, a 38.973,14 pontos. O S&P 500 tinha alta de11,16 pontos, ou 0,22%, a 5.107,43 pontos, enquanto o Nasdaq Composite avançava 61,89 pontos, ou 0,38%, a 16.153,81 pontos.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447723))

REUTERS LB

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade